terça-feira, 17 de julho de 2018

Polícia Civil deflagra operação para combater crimes ambientais em Concórdia do Pará







A Polícia Civil deflagrou ontem operação no município de Concórdia do Pará, nordeste paraense, para combater o crime de extrativismo ilegal de árvores nativas de área de preservação permanente.

Duas pessoas - Antonio de Sousa Dias e Tiago Seabra Freitas - foram presas em flagrante.

Sob comando do delegado Ricardo Menezes, a equipe da Delegacia de Concórdia do Pará, se deslocou até a região às margens do Rio Acará Mirim, na zona rural do município. 

Composta pelos investigadores Freitas e Humberto, a operação policial denominada Ar Puro contou com uma incursão realizada na floresta. 

Em uma área de igarapé, nas proximidades da comunidade Bela Vista, os policiais civis localizaram estacas de madeira que haviam sido recentemente cortadas e puxadas por búfalos.

Foi durante essa incursão pela mata que a equipe policial encontrou os acusados cortando árvores por meio de uma motosserra.

Os dois foram autuados pelos crimes ambientais e irão responder aos processos na Justiça


Paragominas - Suspeitos de tentarem roubar celulares são cercados por populares até a chegada da Polícia






Na noite desta última segunda-feira(16) por volta das 21 hs, populares interceptaram dois rapazes próximo a praça Célio Miranda no centro de Paragominas (PA) suspeitos de tentarem roubar celulares pela redondeza. Houve relatos nas redes sociais por pessoas que estavam no local, que os dois rapazes até o momento sem identificação estavam em atitudes suspeitas, como se tivessem procurando uma vítima para ataca-la.

Populares observando aquele comportamento estranho abordaram os suspeitos, porém ele empreenderam fuga, essa atitude dos rapazes só aumentou a desconfiança dos populares que mais a frente conseguiram cercar os dois suspeitos . A Polícia Militar foi acionada para que pudesse ser feito uma averiguação. Os suspeitos foram conduzidos até a 13° seccional de Polícia Civil para que fossem feito os procedimentos de praxe.

Com informações de Jorge Quadros

Filho viciado mata a própria mãe a tijoladas em Novo Repartimento







A doméstica Raimunda Lima de Sousa, 47 anos, moradora do Bairro Vila Aparecida, foi morta pelo filho usuário de drogas, na tarde desta segunda-feira 16, em Novo Repartimento.

O crime aconteceu no quintal da residência de Raimunda, por volta das 16h, segundo informações, Jonas Lima de Sousa, que é usuário de entorpecente estava sob o efeito de drogas quando discutiu com sua mãe, o motivo da discussão era porque o rapaz queria dinheiro. A arma usada para ceifar a vida vítima foi um tijolo, segundo os vizinhos, Jonas, desferiu dois golpes contra a cabeça de Raimunda, após o ocorrido o filho da vítima fugiu do local.

O resgate do SAMU foi acionado e constatou que a vítima já estava sem vida, a Polícia Civil esteve no local e recebeu a informação que o criminoso estava em fuga pela BR-422, sentido ao município de Tucuruí, por voltas das 20h, os Investigadores Rogério Pegado e Alexandre Alves, prenderam em flagrante Jonas, que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e está a disposição da Justiça.

Vice-Prefeito de Dom Eliseu é preso pela polícia. Irmão do prefeito está foragido






O promotor da comarca de Dom Eliseu prendeu agora pela manhã  o vice-prefeito do município conhecido como Pastor Elias. 

Segundo o que foi apurado pelo portal Pará News, o vice- prefeito é acusado de praticar vários crimes entre eles extorsão, falsidade ideológica. 

Segundo o que foi informado ao portal Pará News,  o irmão do prefeito do município Marco Antonio  está foragido e é procurado pela polícia. 
Também estão foragidos Julio do Nascimento Tavares e Edson Luiz Zampiva. 
Em Breve o portal trará mais informações. 

Por Pará News Noticias

Ex-superintendente de pesca do Pará tem prisão decretada acusada de fraudar R$ 60 milhões em Seguro Defeso







A ex-superitendente de pesca no Pará, Soane Castro de Moura, e a substituta dela, Thicyana Ericka de Sousa Nunes, tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça Federal. A fraude teria resultado em um desvio de mais de R$ 60 milhões. Elas foram condenadas a 13 anos e seis meses de reclusão em regime fechado, cada uma, segundo informações do Ministério Público divulgadas nesta terça- feira (17). A reportagem não conseguiu contato com a defesa das acusadas. De acordo com a decisão do juiz federal Antônio Carlos Almeida Campelo, elas são responsáveis por fazer cadastros irregulares no Seguro Defeso. Para isso teriam contratado, sem suporte legal e sem vínculo com a instituição, cinco pessoas, para atuarem na inclusão e alteração de registros de pescadores, no ano de 2016. 

Por: G1/Pa

Polícia Civil apreende mais de 30 kg de cocaína em embarcação



Polícia Civil apreende mais de 30 kg de cocaína em embarcação (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


A Polícia Civil do Pará apreendeu, na manhã desta terça-feira (17), mais de 30 kg de cocaína em tabletes em uma embarcação no Porto Palmeiraço, na cidade Velha, em Belém. De acordo com a Polícia Civil, um levantamento mostrou que o barco, que veio de Manaus, no Amazonas, estava sendo utilizado para transporte de drogas. 

A embarcação foi abordada assim que chegou ao porto e em seguida foi realizada revista em busca do material. Na ação, os policiais encontraram a droga dentro de um armário com fundo falso. No total, foram apreendidos 36 kg de cocaína, sendo 18kg em pó e 18kg em pedra oxi. 

Dois homens foram conduzidos para a delegacia geral e autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Segundo os acusados, João Jairo Oliveira Lemos, de 21 anos de idade, do Amazonas e José Ribamar Oliveira Marques, 48 anos, do Maranhão, parte da droga ficaria em Belém e a embarcação seguiria para o estado do Maranhão. A droga apreendida foi encaminhada para perícia no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e posteriormente ficará à disposição da justiça. 

De acordo com informações da Polícia Civil, a ação foi resultado de um trabalho de monitoramento do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Abaetetuba e do Núcleo de Inteligência Policial (NIP). 

(Com informações da Polícia Civil)

Criminosos desviam e vendem cartões de crédito com limites altos na internet






Criminosos estão vendendo cartões de crédito com limites altos, feitos com dados de outras pessoas. As vendas são realizadas pela internet e em grupos de mensagens de celular.

Uma das vítimas é o jornalista Paulo Gadelha. Ele conta que gasta em média R$ 500 no cartão de crédito e foi surpreendido com uma fatura de R$ 13 mil, limite máximo do crédito que possuía. Foram R$ 7 mil em compras de supermercados e R$ em postos de gasolina. “Eu sequer possuo automóvel. Então eu fiquei desnorteado”, relata.

A nossa produção encontrou em contato com um vendedor que oferecia o cartão a R$ 300. “Dentro do Pará, Rio de Janeiro, todo lugar do Brasil. Posso fazer vídeo ai, te mostrando com a data de hoje, certo, amigão”, diz o suspeito, que enviou, em seguida, um vídeo mostrando diversos cartões de crédito disponíveis para venda.

"Pode ter ocorrido o extravio do cartão. Com uma busca mais complexa em sites de busca, consgeuimos os dados das pessoas. Ai basta ligar para o banco, se passar pelo titular, desbloquear o cartão e faezr as compras", explica o delegado Carlos Silveira.

Os Correios disseram que a informação não procede. O serviço de encomenda expressa “Sedex 10” não atende o Pará. Por essa razão, o sistema das agências em todo o Brasil não aceita postagens nesta modalidade com destino ao estado do Pará.

Os Correios informaram ainda que possuem procedimentos internos específicos para fiscalização do conteúdo dos objetos postais e a área de segurança da empresa trabalha em parceria com os órgãos de segurança pública.

Já a Secretaria de Segurança Pública do Estado (Segup) informou que não existem dados específicos sobre golpes praticados com cartão de crédito. Se você for vítima desse tipo de golpe, deve procurar a Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos, localizada na rua Coronel Luís Bentes com a rua do Una, próximo à avenida Pedro Álvares Cabral, no bairro do Telégrafo, em Belém.

Por: G1/PA

Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas






Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira parte do 13º salário junto com a remuneração de agosto. A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício.

O decreto autorizando a antecipação foi assinado pelo presidente Michel Temer, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.

Como determina a legislação, não haverá desconto de Imposto de Renda na primeira parcela paga a aposentados e pensionistas do INSS. O imposto sobre o valor somente pode ser cobrado na segunda parcela da gratificação natalina, a ser paga junto com a remuneração de novembro.

Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto.

Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

Por Agencia Brasil

ROCAM prende assaltante no município de São Miguel do Guamá





Um homem foi preso no início desta tarde de segunda-feira (16) no bairro Vila França em São Miguel do Guamá, nordeste do estado. A prisão foi realizada pela ROCAM.

Segundo informações, os PMs realizavam abordagens na rua do Fio. O homem identificado como Danilo Lopes Meireles ao avistar os militares tentou fugir pelos quintais e pulando as cercas. Mas ele foi alçando pelos policiais. 

Danilo Meireles estava com um celular da marca samsung furtado. O aparelho foi devido a proprietária e o acusado apresentado na Unidade Integrada de Polícia Pro Paz (UIPP) de São Miguel do Guamá para os procedimentos necessários.

Reportagem Esmael Teixeira

GRAVE ACIDENTE NESTA MADRUGADA NA BR 010 ENTRE PARAGOMINAS E IPIXUNA PA








Na madrugada desta terça-feira (17) um grave acidente aconteceu na BR-010 próximo ao município de Ipixuna do Pará envolvendo duas carretas. Durante a madrugada as informações que chegaram até a nossa redação, foram que duas carretas que trafegavam em sentidos contrários, colidiram frontalmente em determinado perímetro da BR-010.

A Polícia Rodoviária Federal, Corpo de bombeiros, Polícia Militar e SAMU estiveram dando apoio no local. Segundo informações de pessoas que estavam passando pelo local, um dos motoristas ficou preso nas ferragens. Até o final desta matéria não tivemos informações do estado de saúde que os envolvidos se encontram.


Nove pessoas morrem em acidentes nas rodovias federais do Pará nos primeiros 15 dias de julho, aponta PRF



Até domingo (15), quase 5 mil veículos foram fiscalizados por agentes da PRF. (Foto: Claudio Pinheiro/Amazônia Jornal)


Nos primeiros 15 dias da Operação Férias Escolares, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nove pessoas morreram nas estradas no Pará. Ao todo foram registrados 60 acidentes nas rodovias, sendo 15 sem vítimas, 38 com feridos e sete com mortes. A operação da PRF segue até o dia 31 de julho, com ações de policiamento, fiscalização e educação para o trânsito nas rodovias federais paraenses.

O operação conta com o trabalho em conjunto de diversos órgãos, com o objetivo de reforçar o policiamento e a orientação de trânsito em locais e horários de maior fluxo de veículos, incidência de acidentes graves e de crimes. Em busca de soluções efetivas para o trânsito nos 20 primeiros quilômetros da BR 316,

Até domingo (15), quase 5 mil veículos foram fiscalizados, 78 carteiras de habilitação foram confiscada e mais de 400 veículos foram recolhidos. As infrações mais comuns registradas foram a ultrapassegem irregular e o excesso de velocidade. Dezessete pessoas foram presas por alcoolemia.

A operação conta com equipes da PRF, Corpo de Bombeiros, do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, do Detran/PA, da Arcon, da Guarda Municipal de Belém, da Semutran, da Guarda Municipal de Ananindeua, da Diretran e Guarda Municipal de Marituba.

Vítimas
Dois sete acidentes que causaram as nove mortes no trânsito, três deles foram na BR-316. A primeira no km-29, em Santa Izabel, quando um motociclista caiu em um buraco e foi lançado para o canteiro central. A segunda vítima foi um pedestre atropelado no km-17, em Benevides. Já o terceiro acidente, deixou dois passageiros de motociclistas mortos durante colisão devido a ultrapassagem em lugar proibido.

Em São João do Araguaia, na BR-230, um motociclista morreu após atropelar um boi; em Marabá, também na BR-230, um motorista teve um mal súbito e bateu o veículo.

Na BR-010, em Irituia, um motociclista morreu após colidir com um ônibus durante ultrapassagem irregular. Na mesma rodovia, no trecho que compreende Santa Maria, duas pessoas morreram em colisão entre duas motos.

Por G1 PA

Assaltante invade casa em Salinas, mas é morto em luta corporal com as vítimas






Em Salinópolis, município do litoral paraense, Bruno Rafael Santos, também conhecido como "Breno" foi morto após tentar roubar uma casa na madrugada desta segunda-feira (16). Segundo a Polícia Militar, os próprios ocupantes conseguiram desarmar e ferir o homem. Ele não resistiu às agressões e morreu antes de ser socorrido.

O sargento Carvalho, da  1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) confirmou o caso. Segundo o policial, Breno invadiu a casa, que fica na rua Leopoldino Quadro, um pouco antes do nascer do sol, por volta de 4h30. Os amigos que estavam na casa não eram moradores de Salinas, e alugaram o local para passar as férias de julho.

Breno estava com um martelo e uma faca, ameaçando as vítimas. Enquanto ele recolhia os pertences, os homens do grupo conseguiram o desarmar e entraram em luta corporal com Breno. Após levar chutes, pontapés e ser agredido com o próprio martelo que usava para cometer o assalto, ele foi amarrado e os ocupantes da casa chamaram a policia.

Uma ambulância foi chamada para socorrer Breno,  mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia não divulgou o que causou a morte de Breno, mas confirmou que ele tinha passagem no sistema penal por crimes como roubo e tráfico de drogas. Os envolvidos no episódio que resultou na morte do jovem se apresentaram espontaneamente na Delegacia de Polícia Civil de Salinópolis e, após serem ouvidos, foram liberados pela delegada de plantão.

Por: Portal ORM

Eleitor já pode pedir voto em trânsito






Começou hoje (17) o prazo para que o eleitor possa se habilitar perante a Justiça Eleitoral para votar em trânsito (fora do seu domicílio eleitoral) nas eleições 2018. O voto em trânsito pode ocorrer no primeiro, no segundo ou em ambos os turnos, mas somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores.

Para solicitar a habilitação, o cidadão deverá comparecer em qualquer cartório eleitoral, apresentar um documento oficial com foto e indicar o local em que pretende votar, além de estar com situação regular no Cadastro Eleitoral.

Os eleitores que se encontrarem fora do Estado de seu domicílio eleitoral poderão votar apenas para presidente da República, assim como os eleitores que possuam título eleitoral cadastrado no exterior, mas que estejam no Brasil, no dia da votação. Já aqueles que estiverem em outras cidades, mas no mesmo Estado, poderão votar para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Caso o eleitor habilitado para votar em trânsito não compareça à seção, ele deverá justificar sua ausência, inclusive se estiver em seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição. A justificativa de ausência nos dias de votação não poderá ser feita no município por ele indicado para o exercício do voto.

De acordo o Tribunal Eleitoral Regional (TRE) do Pará, poderão votar em trânsito os eleitores de Belém, Abaetetuba, Ananindeua, Castanhal, Marabá, Parauapebas e Santarém.  Os locais poderão ser atualizados até o dia 23 de agosto. As seções eleitorais destinadas à recepção do voto em trânsito deverão conter no mínimo 50 e no máximo 400 eleitores. Se o número de eleitores não atingir o mínimo previsto, o TRE agregará a seção eleitoral a outra mais próxima, visando garantir o exercício do voto.

A transferência temporária para outra seção eleitoral é facultada ainda aos presos provisórios e adolescentes que cumprem medida socioeducativa em unidades de internação, bem como aos eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida. O mesmo vale para os integrantes das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, polícias civis, polícias militares, corpos de bombeiros militares e guardas municipais que estiverem em serviço por ocasião das eleições.

Esses eleitores também devem requerer a habilitação para votar em outra seção eleitoral no período de 17 de julho a 23 de agosto. Encerradas as eleições, as inscrições dos eleitores que se transferiram temporariamente para outros locais de votação retornam automaticamente para as seções eleitorais de origem.

Por: O Liberal

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Mãe do Rio - Ministério Público quer garantir internação compulsória de paciente



Uma Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pela promotora de Justiça de Mãe do Rio, Andressa Ávila Pinheiro, na última sexta-feira (13), busca garantir a internação compulsória involuntária de um paciente de 30 anos, no município de Mãe do Rio, no nordeste paraense. A ação é para o tratamento de desdrogadição do paciente, que é esquizofrênico e usuário de drogas. 

Segundo o MP, a mãe do paciente compareceu no dia 10 de julho ao órgão para relatar que foi agredida pelo filho e ficou com hematomas por todo o corpo. Além disso, foi golpeada na cabeça em uma agressão que resultou em golpe profundo. A família é constantemente ameaçada de morte pelo paciente, que tentou suicídio por diversas vezes.

“Ainda que o paciente tome remédio controlado, provavelmente, por ser usuário de drogas, seu tratamento não surte efeito, catalisando a conduta agressiva do mesmo, pondo em risco não só as vidas de seus familiares, e a própria vida, mas também de qualquer pessoa que venha a ter contato com ele”, relata na ação a promotora Andressa Ávila. A medida se faz necessária, argumenta o Ministério Público, para resguardar a integridade física e psicológica do paciente, bem como de sua sua mãe, familiares e da coletividade. 

A Promotoria requer, liminarmente, que seja determinado ao município que providencie, as suas expensas, a internação compulsória do paciente, pelo prazo necessário, para tratamento integral de desdrogradição. Para garantir o cumprimento da decisão, deverá ser requisitado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) o transporte do paciente, acompanhado pela Brigada Militar ou de outra equipe competente, para a entrega ao ambiente responsável. 

Em caso de descumprimento, o Ministério Público requer a aplicação de multa diária de mil reais ao município.

Polícia Civil divulga prisões de foragidos realizadas durante a operação Verão em Salinópolis



Simulacro apreendido com Almir


A Polícia Civil divulgou, nesta segunda-feira (16), as prisões realizadas, neste domingo, durante as ações da Operação Verão em Salinópolis, nordeste paraense. Quatro foragidos da Justiça foram capturados. Eles respondem por diversos como crimes, como tentativa de homicídio, roubo, receptação, sequestro e cárcere privado. Um dos presos é Jefferson Lira do Nascimento, de apelido “Come Barro”, contra quem há mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça pela tentativa de homicídio de um policial civil. O crime ocorreu em junho de 2017, no bairro do Curuçambá, em Ananindeua. Ele foi detido na praia do Atalaia, em Salinópolis, por policiais militares. 

Jeferson foi reconhecido pelos PMs em ronda no local e conduzido à Delegacia de Polícia do município para averiguação. Além do mandado de prisão pelo crime contra o policial civil, outro mandado foi encontrado contra o acusado. Ao ser apresentado na Delegacia, "Come Barro" apresentou documento falso e por isso foi autuado em flagrante por crime de falsidade ideológica. Ele já está recolhido à disposição da Justiça.

SEQUESTRO E CÁRCERE Ainda no domingo (15), foi preso, em Salinópolis, Almir Fontes de Lima, que foi autuado em flagrante por sequestro, cárcere privado e violência doméstica. As vítimas do crime são a ex-companheira e os filhos menores do acusado. Após ser preso, foi constatado que Almir estava na condição de foragido e que já respondia por dois dos três crimes na Comarca de Barcarena. Sob coordenação da delegada Danielle Sousa, titular da Delegacia de Salinópolis, a equipe formada pelos investigadores Alan, João, Pontes, Orion e Suzane foi até o local onde o suspeito trabalhava como barbeiro, pois havia denúncia de que ele guardaria uma arma de fogo no local.

No local, no entanto, a equipe policial descobriu que Almir mantinha toda a ex-companheira e duas crianças sob cárcere privado no local. Após a abordagem, o suspeito, a ex-companheira e as crianças foram conduzidos à Delegacia. Com ele, os policiais apreenderam um simulacro (falsa arma de fogo). Em depoimento, a vítima afirmou que foi sequestrada e mantida sob domínio do suspeito mediante ameaça à sua integridade física e de sua família. Feita a averiguação, constatou-se que o suspeito era foragido do Sistema Penitenciário desde 26 de dezembro de 2017, por ter sido condenado por estupro, sequestro e cárcere privado pela 3ª Vara Penal de Barcarena. O Conselho Tutelar de Salinópolis foi acionado para adotar as medidas cabíveis em relação aos menores, filhos do suspeito. Ele está preso à disposição da Justiça na unidade policial. 

FUGITIVO Policiais militares capturaram, neste domingo (15), o foragido de Justiça Nayan Renato Soares de Moura, durante abordagem policial, na cidade de Salinópolis, nordeste paraense. Ele foi conduzido até a Delegacia do município, onde a equipe de policiais civis deu cumprimento ao mandado de recaptura expedido pela Justiça em 6 de março deste ano. Nayan fugiu do presídio CRPP I (Centro de Recuperação Penitenciário do Pará), sediado em Santa Izabel do Pará, em 13 de dezembro do ano passado. A prisão foi realizada por policiais militares do Centro de Inteligência que se encontravam em Salinópolis juntamente com policiais militares da área, com apoio do serviço Disque-Denuncia (181).

A equipe de policiais civis, que realizava reforço na Delegacia de Salinópolis, deu cumprimento ao mandado de recaptura do preso expedido pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Belém. O preso responde a diversos crimes, como homicídios, receptação de roubo, uso de documento falso, roubos, e tem é envolvido em ações referentes ao tráfico de drogas e armas de fogo, além de ser suspeito de participar da morte de agentes públicos. Após ser apresentado na Delegacia, o preso foi encaminhado ao presídio Centro de Recuperação Regional de Salinópolis (CRRSAL), de onde será recambiado para um dos presídios do Estado.

OUTRO PRESO Foi preso, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, em Salinópolis, por policiais militares do GTO (Grupo Tático Operacional), Diego Rodrigo da Silva Brito, que responde por roubo. Ele foi localizado na Rua Santa Maria, bairro Nova Brasília. A ação policial foi realizada enquanto os policiais estavam à procura de um criminoso foragido que estaria escondido no local. No momento da chegada dos policiais militares ao local, suspeitos saíram em fuga da casa para dentro de uma área de igapó. Durante o cerco policial, Diego foi detido. Ele estava como foragido da Justiça.
Postagens mais antigas Página inicial

Total de visualizações

Arquivo