Social Icons

Pages

Featured Posts

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Pará já teve 48 ataques a agências bancárias


Pará já teve 48 ataques  a agências bancárias  (Foto: Wagner Almeida)


Até ontem, foram registrados 48 ataques a bancos no Pará, sendo 36 consumados e 12 tentativas, somente em 2016. Os dados são do Sindicato dos Bancários. Com a chegada do mês de dezembro, que atrai o maior fluxo de pessoas nas agências, por conta do pagamento do 13º salário, a categoria teme que as ocorrências aumentem. “Os números a cada dia sobem, e funcionários e clientes continuam sendo vítimas da criminalidade” relata Gilmar Santos, diretor de saúde do sindicato.

Este mês, 2 ocorrências já foram registradas no Estado (ver box). Para Gilmar, falta um planejamento eficaz para conter as ações das quadrilhas, que estão mais especializadas e organizadas nas ações contra os bancos. “Não aguentamos mais a insegurança no Estado. Isso tem de parar”, reforça.

INTERIOR

As agências bancárias do interior do Estado são consideradas mais volúveis aos assaltos com reféns e com mais violência. Segundo o sindicalista, os bandidos provocam o pânico, pois as pequenas cidades tem um efetivo de policial mínimo, de difícil acesso, tanto na distância, quanto na locomoção, o que facilita a fuga das quadrilhas. “Não há uma região mais específica. O interior, no geral, é o maior alvo”, destaca. 

Para tentar coibir essas ações, o Sindicato pede ajuda do Governo do Estado para definir estratégias em um Grupo de Trabalho.

“Precisamos unir forças de todos para conter a situação”, diz. Uma reunião com a Secretaria de Segurança Pública (Segup) deve ser agendada para os próximos dias. O DIÁRIO procurou a assessoria da Polícia Civil sobre as ações para evitar os assaltos, mas até o fechamento desta edição, não teve retorno. 

OCORRÊNCIAS  NO PARÁ

2016 (até novembro)

48 ataques a bancos
36 consumados
12 tentativas

2015

57 ataques a banco
38 consumados
19 tentativas

2014

54 ocorrências
32 consumadas
22 tentativas.

Fonte: Sindicato dos Bancários do Pará

ROUBOS RECENTES - DEZEMBRO

- Icoaraci: A agência do Banco do Brasil foi arrombada às 23h, no último sábado (3). Os policiais militares foram acionados, mas quando chegaram ao local nenhum suspeito foi encontrado. 
- São Félix do Xingu: Cerca de 15 homens chegaram atirando em direção ao Banco do Brasil no fim do expediente da última sexta-feira (2). Eles renderam clientes e funcionários. Os assaltantes fugiram em uma caminhonete levando reféns, que foram liberados na cidade de Tucumã. Veículos foram incendiados durante a fuga.

(Roberta Paraense/Diário do Pará)

SUSPEITO MORRE APÓS SER ESPANCADO E QUEIMADO POR POPULARES





Um suspeito de ser assaltante foi espancado e morto por populares e ainda teve seu corpo carbonizado. Os restos mortais foram removidos por peritos para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Castanhal, nordeste paraense. O crime aconteceu na madrugada de sábado (3), no município de São João da Ponta, também região nordeste do estado.

Segundo informações de populares, uma dupla armada roubou a motocicleta de um mototaxista, no ramal do Maracajá. Ainda de acordo com populares, a dupla teria fugido em direção à Vila Bonfim, interior de São João da Ponta. “O ramal não tem saída, então a dupla abandonou a motocicleta e se escondeu na mata. O veículo foi recuperado pelo dono”, disse o delegado João Inácio, da Polícia Civil. “Já na madrugada de sábado (3), por volta das 4h, um morador da Vila Bonfim ouviu um barulho diferente em seu terreno e rendeu um dos possíveis assaltantes, que estava escondido no local”, acrescentou o delegado.

Ainda segundo o policial civil, o morador iria entregar o suposto assaltante à polícia, porém foi agredido pelo suspeito, que conseguiu escapar, mas foi perseguido, alcançado e espancado por outros moradores da Vila Bonfim. Em seguida, atearam fogo no suspeito, que morreu carbonizado. A vítima do linchamento não foi identificada. Um inquérito policial foi instaurado, para que os autores do linchamento sejam identificados. Eles podem ser presos e responder na cadeia por crime de homicídio qualificado.

Reportagem Tiago Silva

SOZINHO BANDIDO ROUBA R$ 41 MIL DE POSTO DE COMBUSTÍVEIS






Um homem sozinho assaltou um posto de combustíveis, de onde conseguiu roubar o valor de R$ 41 mil. Aconteceu na manhã de sábado (3), por volta das 9h, no bairro Cristo Redentor, em Castanhal, cidade do nordeste paraense. Toda a ação foi registrada pela câmera de segurança do estabelecimento comercial.

O criminoso chegou sem capacete numa motocicleta modelo Broz, de cor preta. Todos pensavam ser um cliente, mas não era. Bem vestido, sem qualquer suspeita, o homem sacou um revólver da cintura e anunciou um assalto. Em seguida, se dirigiu até o escritório do posto de combustíveis, onde rendeu quatro funcionários (três homens e uma mulher). Ele pediu que todo o dinheiro em papel fosse colocado dentro de uma sacola. Sem qualquer reação e com medo de que algo pior acontecesse, os funcionários atenderam ao pedido do assaltante.

A ação foi rápida, durou poucos minutos. O local estava vulnerável, sem nenhum segurança armado. O bandido fugiu deixando para trás apenas moedas. Ele já foi identificado, faltando apenas ser preso. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal, para que o caso seja investigado.

Reportagem: Tiago Silva

Operação fecha casa noturna com venda de drogas e presença de dezenas de adolescentes em Ananindeua



Pasta de cocaína apreendida
Arma e drogas apreendidas com vendedor de bombons
Motos apreendidas pelo Detran

O Sistema Integrado de Segurança Pública do Pará realizou entre a noite de domingo, 4, e a madrugada desta segunda-feira (5), uma operação policial que encerrou uma festa regada a drogas e com presença de dezenas de adolescentes, em uma casa noturna, em Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

Denominada de operação Recreio, nome do estabelecimento, a ação policial teve início, por volta de 19 horas, quando policiais civis e militares, e equipes do Detran, abordaram o local durante o evento. Informações eram que de que  na casa de shows ocorria uma festa com cerca de 300 pessoas para comemorar 27 anos da Torcida Organizada Remoçada (TOR), que foi extinta há nove anos por ordem da Justiça.

No local, ocorria a apresentação de um DJ que tocava "proibidão", um tipo de funk com letras que fazem apologia ao crime. Ainda, na festa, foram encontrados membros com faixas de torcidas de times de futebol de fora do Pará. Durante revista dentro do local, os policiais encontraram diversas porções de pasta de cocaína jogadas no interior da casa de shows. 

Todos no local foram revistados e tiveram as identidades solicitadas e checadas. Wellington Duarte do Espírito Santo, que vendia bombons na casa de shows, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. 

Com ele, foram encontradas 28 petecas de pasta de cocaína e um revólver calibre 38. No lado de fora do local, equipes do Detran apreenderam diversas motos com irregularidades. Outras duas pessoas foram presas em flagrante. Uma delas - Marcelo Sousa de Oliveira - conduzia uma moto sob influência de bebida alcoólica e, assim, foi autuada por crime de alcoolemia.

Como cabe fiança, conforme previsto em lei, ele pagou o valor de R$ 907,23 e vai responder pelo crime de trânsito em liberdade. A outra pessoa (Fábio Tavares Amoedo) ofereceu R$ 100 a um agente do Detran para não ser apresentado na Delegacia por estar sem carteira de habilitação e foi autuado por crime de corrupção ativa e por infração de trânsito.

Ao todo, mais de 150 pessoas sem documentação foram conduzidas para a Unidade Integrada Propaz do Distrito Industrial, em Ananindeua, para averiguação. Do total, 62 eram adolescentes. Três deles eram menores em conflito com a lei. Um deles é fugitivo do Centro de Internação do Adolescente Masculino (CIAM), em Belém, e outros dois são fugitivos do município de Castanhal. 

Os demais foram conduzidos ao Conselho Tutelar de Ananindeua para serem entregues aos pais ou responsáveis. O promotor da festa vai responder por crime de desobediência à ordem judicial e poderá ter licença de funcionamento cassada pela Divisão de Polícia Administrativa (DPA), da Polícia Civil, por causa da presença de menores em desacordo com a lei. A operação foi coordenada pelo Sistema de Segurança Pública, por meio da Secretaria Adjunta de Gestão Operacional (SAGO) e Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (SIAC), e atuação de mais de 100 agentes públicos sob comando dos delegados Claudio Galeno e Marco Antonio Duarte, e coronel Simão Salim, comandante de policiamento da Região Metropolitana, da Polícia Militar.

Atuaram policiais civis de Seccionais de Polícia de Belém e região metropolitana vinculadas à Diretoria de Polícia Metropolitana e Superintendência de Polícia Metropolitana; da Divisão de Polícia Administrativa (DPA) e Grupo de Pronto-Emprego da Polícia Civil (GPE); policiais militares da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam) da PM; homens da Polícia Rodoviária Federal; agentes do Detran; Corpo de Bombeiros; Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e da Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) com apoio do helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp).


Prefeito afastado de Uruará é reconduzido ao cargo e parte da população se revolta





URUARÁ "PEGANDO": FOGO MORADORES FAZEM PROTESTO CONTRA REINTEGRAÇÃO DE CARGO DO PREFEITO BANHA.

O Decreto legislativo 06/2016 que reintegrou o Prefeito Everton Vitória Moreira, o Banha, ao cargo na Cidade de Uruará foi recebido pelos munícipes como uma afronta aos desejos da sociedade e responderam com protesto e ocupações de órgão administrativos do Município. Desde o mês de o meado deste ano, o município tem enfrentado problemas com a administração municipal. No dia 18 d agosto, moradores ocuparam a prefeitura e alguns manifestantes mais revoltados chegaram a depredar a casa do prefeito e na manhã desta segunda-feira (05), o povo voltou às ruas de Uruará e invadiram a Câmara de vereadores em protesto contra o decreto 06/2016 que reintegrou o Prefeito Everton Vitória Moreira ao cargo contra a vontade da população. Os manifestantes Eles, repudiam o ato dos três vereadores Manoel Ribeiro – SD, Amauri Sousa de Oliveira (BUCHUDO) – PSDB, Rodoaldo Pacheco - PR, que assinaram o decreto reintegrando o prefeito afastado, Everton Banha (SD) e, o gestor municipal por deixar os servidores com salários atrasados.

 Fonte:  http://uruaraemfoco.blogspot.com.br/  com fotos e informações de Cirineu Santos

PASSAGEIRO É ASSASSINADO DURANTE ASSALTO EM VAN





Um latrocínio (roubo seguido de morte) foi registrado na cidade de Castanhal, nordeste paraense. Aconteceu na manhã de ontem, por volta das 8h30min. A vítima foi identificada como Nilton da Silva Menescal, de 54 anos. No total, seis pessoas foram presas suspeitas de estarem envolvidas no crime.

Nilton residia em Benevides, região metropolitana de Belém, e também tinha residência na cidade de Castanhal, mais precisamente no bairro São José. Ontem ele pegou uma van, que saiu do município de Igarapé-Açu, nordeste paraense, com destino a Belém. Na van estavam Nilton, a esposa dele e mais outro casal. Na rodovia BR-316, próximo ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de Castanhal, mais duas mulheres e três homens embarcaram no coletivo. O motorista e o cobrador não sabiam, mas o quinteto se tratava de assaltantes perigosíssimos. “Às proximidades da Praça do Cristo Redentor foi anunciado um assalto. Uma das mulheres tirou um revolver e entregou ao comparsa dela. Os outros estavam armados com facas”, disse o motorista do coletivo.

Ainda de acordo com o motorista, os criminosos (bastante agressivos) pediram que ele entrasse no ramal do Cenóbio, onde pertences pessoais e dinheiro das vítimas foram subtraídos. Além dos passageiros, o cobrador da van foi agredido com coronhadas na cabeça e cortado com faca. Durante as agressões, o passageiro Nilton da Silva Menescal colocou os braços à sua frente, em posição de defesa. “Nesse momento, um dos assaltantes foi dar uma facada no passageiro e acabou cortando o braço do próprio comparsa”, disse uma das vítimas, que preferiu não se identificar. Irritados, dois dos cinco criminosos levaram Nilton para os fundos do coletivo, onde o executaram com 2 tiros de revólver na cabeça. Em
seguida, o coletivo foi abandonado no lixão do bairro Pantanal, periferia de Castanhal, e os criminosos entraram na mata. Eles teriam tido o apoio de outro suspeito, que teria dado fuga em um carro Fiat Uno do modelo antigo de cor azul.

O bárbaro e covarde crime repercutiu negativamente. Uma força tarefa foi montada e, em menos de duas horas depois, todos os envolvidos foram localizados e presos por policiais militares. Ainda houve troca de tiros entre suspeitos e policiais militares, mas ninguém foi atingido. Um revólver calibre 32 com seis munições, sendo cinco deflagradas e uma intacta, foi apreendido. Os presos foram identificados como Wilkson Nogueira Matias, residente no bairro Cariri; e Edivan de Souza das Mercês, morador do bairro da Saudade; ambos têm 18 anos. Um adolescente de 15 anos foi apreendido. Uma menor de 16 anos também foi apreendida. Uma mulher, que não quis dizer seu nome e nem idade, também foi presa. Todos foram reconhecidos como sendo os autores do assalto que resultou em morte. Com eles foram recuperados os pertences que haviam sido roubados das vítimas, como: aparelhos celulares, bolsas masculinas e femininas, joias e dinheiro.

Outro homem, identificado como Francisco Amorim Santos, de 28 anos, também foi preso. Ele seria o condutor do carro Fiat azul, que teria sido usado para dar a fuga aos assaltantes. O carro foi apreendido. Francisco, que possui passagem na delegacia por tráfico, negou participação. Ele e os outros acusados foram encaminhados para a Central de Triagem Metropolitana IV (CTM IV), em Americano, Distrito de Santa Izabel, região metropolitana de Belém.

Na delegacia do centro de Castanhal, Wilkson Nogueira Matias e Edivan de Souza das Mercês fizeram questão de tirar fotos e dar entrevista. “Ei, repórter! A foto ficou boa? Tira outra pra aparecer a minha tatuagem”, palavras de Wilkson, sem demonstrar qualquer sentimento de arrependimento. “Quando eu sair da cadeia vou matar mais cinco”, prometeu Edivan. Enquanto ao adolescente de 15 anos disse que é integrante do “comando da piçarreira” e quem comanda é o crime. As duas mulheres não quiseram comentar sobre o caso. Todos foram autuados pelo delegado Rairton Carneiro, da Polícia Civil.

Motoristas de vans protestaram em frente à Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal. Eles disseram que somente neste mês pelo menos 8 vans foram assaltadas no mesmo perímetro e pelos mesmos criminosos. Prometeram interditar a rodovia BR-316, em frente ao Fórum de Castanhal, durante a audiência de custódia dos acusados, que ficou marcada para acontecer na manhã desta segunda-feira (5).

Reportagem: Tiago Silva

Jovem sem braços faz teste de direção em Manaus


Jovem sem braços faz teste de direção em Manaus (Foto: Reprodução)



Uma história de superação encheu os corações de milhares de internautas pelo Brasil. Um jovem de 18 anos passou pelo desafio de tirar a Carteira Nacional de Habilitação no último sábado(5). A história poderia se parecer com a de milhares de pessoas se não fosse por um detalhe: Leonardo de Souza nasceu sem os dois braços e usou os pés para fazer o exame.

O teste foi realizado na área de exames do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), no bairro Santa Etelvina, no estado vizinho de Manaus. O resultado do teste será divulgado nesta terça-feira (6), mas independente do veredito, Leonardo já é um vencedor. O jovem é o primeiro no Estado a realizar o exame com os pés, segundo o Detran do Amazonas. Para fazer o teste, Leonardo foi auxiliado pela junta médica do Detran para adaptar o veículo de acordo com suas necessidades.

Segundo o diretor-presidente do Detran-AM, qualquer pessoa com deficiência pode tirar a CNH desde que esteja apta a passar pelos exames médicos e de direção e desde que a deficiência não interfira na capacidade para dirigir.

(Com informações de Em Tempo)

STF afasta Renan da presidência do Senado


STF afasta Renan da presidência do Senado (Foto: Divulgação)


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio decidiu hoje (5) afastar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do cargo da presidente. O ministro atendeu a um pedido liminar feito pela  Rede Sustentabilidade na manhã desta segunda-feira.
O pedido de afastamento foi feito pelo partido após a decisão proferida pela Corte na semana passada, que tornou Renan réu pelo crime de peculato. De acordo com a legenda, a liminar era urgente porque o recesso no Supremo começa no dia 19 de dezembro, e Renan deixará a presidência no dia 1º de fevereiro do ano que vem, quando a Corte retorna ao trabalho.
“Defiro a liminar pleiteada. Faço-o para afastar não do exercício do mandato de Senador, outorgado pelo povo alagoano, mas do cargo de Presidente do Senado o senador Renan Calheiros”, decidiu o ministro Marco Aurélio.
Julgamento
No mês passado, a Corte começou a julgar a ação na qual a Rede pede que o Supremo declare que réus não podem fazer parte da linha sucessória da Presidência da República. Até o momento, há maioria de seis votos pelo impedimento, mas o julgamento não foi encerrado em função de um pedido de vista do ministro Dias Toffoli.
Até o momento, votaram a favor de que réus não possam ocupar a linha sucessória o relator, ministro Marco Aurélio, e os ministros Edson Fachin, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux e Celso de Mello.
Em nota divulgada na sexta-feira (2), o gabinete de Toffoli informou que o ministro tem até o dia 21 de dezembro para liberar o voto-vista, data na qual a Corte estará em recesso.
(Agência Brasil)

VOO DE XUXA É ATINGIDO POR RAIO E FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM BRASÍLIA/DF





Uma semana após a tragédia aérea que devastou o Brasil com o voo da Chapeoense e um dia após um helicóptero cair em São Paulo com uma noiva que estava indo para seu casamento, Xuxa levou um susto com problemas no voo em que estava nesta segunda-feira, 5. A apresentadora saiu do Rio de Janeiro para inaugurar uma unidade de sua casa de festas no Piauí, mas o jatinho em que estava foi atingido por um raio e teve que fazer um pouso de emergência em Brasília.

A apresentadora compartilhou no Facebook um vídeo em que aparece usando uma máscara de emergência durante o voo.  "Gente, perdão. Não poderei chegar ao Piauí. Nosso avião foi atingido por um raio e fizemos um pouso de emergência em Brasilia. Desculpa, Casa X".

De acordo com a assessora de imprensa de Xuxa, as quatro pessoas que estavam no jatinho estão bem. "O jato foi atingido por um raio, teve uma pane e eles fizeram um pouso de emergência em Brasília, mas está tudo bem, graças a Deus. Todo mundo que estava no jato está bem, ela estava com a Mônica (empresária), o Juno e o José Carlos (sócio da Casa X)", contou Tatiana Maranhão.

Por: EGO

Filho é preso após bater na mãe e furar olho do pai





Charles Elton Ferreira Celeste, 30 anos, foi preso pela Policia Militar após ter batido na mãe com cabo de vassoura e furar o olho do seu próprio pai, o caso aconteceu na tarde deste domingo (4) na Rua H, Bairro Novo Horizonte, José Celeste pai do acusado, foi levado para Socorrão, segundo a medica que fez o atendimento ele pode perder a visão do olho esquerdo, já a Rita de Cassia Ferreira ficou com hematomas no corpo. 
Charles Elton é serralheiro, estava embriagado, a confusão começou por causa de um celular, o Delegado de Plantão Gustavo Tavares, autuou Charles por Lesão Corporal de natureza grave, se resulta perda ou inutilização de membro, Artigo 129 Inciso 2º, III.

Fonte - Blog Noticia da Foto.
 
 
Blogger Templates