Pages

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Polícia Civil baixa portaria da 'lei seca' para o primeiro turno das eleições no Pará






A Polícia Civil do Pará determinou, por meio da portaria de número 128, publicada nesta segunda-feira, 29, no Diário Oficial do Estado, a proibição da venda e fornecimento, ainda que de forma gratuita, de bebidas alcoólicas, em todo o Pará, no próximo domingo, dia 5. A determinação conhecida como "lei seca" tem por objetivo garantir que todos os eleitores possam exercer o direito democrático do voto, no primeiro turno das eleições, sem transtornos decorrentes do consumo de álcool. A medida vale para o período de meia-noite, do dia 5, até às 18 horas do mesmo dia.
A mesma portaria será aplicada no dia 26 de outubro, se houver segundo turno. Assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, a determinação veda o comércio de bebidas alcoólicas por meio de estabelecimentos comerciais, entre os quais bares, restaurantes, lanchonetes e boates. A Divisão de Polícia Administrativa (DPA), da Polícia Civil, responsável em fornecer licenças para festas dançantes, estará proibida de fornecer as autorizações para eventos no horário de meia-noite às 18 horas de domingo.
A fiscalização do cumprimento da portaria caberá às Polícias Civil e Militar, sujeitando-se os responsáveis pelas infrações às sanções civis, administrativas e penais cabíveis ao tipo de infração. Ainda, de acordo com a portaria, se houver nova determinação do Tribunal Regional Eleitoral, a medida instituída pela Polícia Civil poderá ser alterada, em obediência às instruções do órgão judiciário.

Polícia Civil transfere presos de Vigia de Nazaré para Castanhal após destruição de Delegacia






A Polícia Civil já transferiu para a Superintendência da Região Integrada do Guamá, sediada em Castanhal, os quatro homens presos em Vigia de Nazaré, acusados de agir como "piratas" - assaltantes de embarcações - nos rios da região. A transferência ocorreu depois que um grupo de pessoas tentou invadir a Delegacia da cidade sob alegação de que queriam matar os presos. Os presos foram retirados do prédio da Delegacia, com apoio de policiais civis e militares de Castanhal. O prédio da unidade policial e uma caminhonete da Delegacia foram depredados e incendiados.
Diversos equipamentos de trabalho, e armas e drogas apreendidas, foram roubados. Neste momento, os tumultos já foram contornados. As prisões foram realizadas entre a madrugada de domingo e a madrugada desta segunda-feira. Conforme denúncias de moradores, os quatro presos estavam cometendo uma série de crimes na região ribeirinha de Vigia de Nazaré, contra donos de embarcações.
Inicialmente, segundo explica o delegado Fábio Pereira, titular da Delegacia de Vigia de Nazaré, um dos homens foi preso na madrugada de domingo. Ele permaneceu recolhido durante o dia, enquanto outras investigações eram feitas na cidade, para localizar outros envolvidos nos crimes. Na madrugada desta segunda-feira, os outros três acusados foram encontrados em uma área de mata em Vigia de Nazaré, e levados até a Delegacia para a lavratura do flagrante e recolhimento no Sistema Penitenciário do município.
INQUÉRITO A Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar a invasão da Delegacia e saques de dentro da unidade policial. Enquanto as investigações seguem, a unidade policial ficará desativada. Já estão em fase de conclusão as obras de construção da nova Unidade Integrada Pro Paz de Vigia de Nazaré, que deve ser inaugurada nos próximos meses.

Vox Populi Dilma com 40%, Marina com 24% e Aécio com 18%






Pesquisa Vox Populi divulgada nesta segunda-feira mostrou um cenário eleitoral praticamente estável, com as variações nas intenções de voto para o primeiro turno dos principais candidatos dentro da margem de erro.
Segundo o levantamento, realizado sábado e domingo, Dilma tem 40 por cento das intenções de voto para o primeiro turno, seguida por Marina com 24 por cento e pelo candidato do PSDB, Aécio Neves, com 18 por cento. A margem de erro da pesquisa, divulgada pela TV Record, é de 2,2 pontos percentuais.
Na simulação de segundo turno entre as duas candidatas, Dilma tem 46 por cento e Marina 39 por cento. No confronto entre a petista e o tucano, a presidente venceria por 48 a 38 por cento.
O levantamento do Vox Populi anterior a esse foi contratado pela revista Carta Capital e realizado terça(23) e quarta-feira (24) da semana passada. Divulgado pelo site da revista na quinta-feira, a pesquisa mostrava no primeiro turno Dilma com 38 por cento, Marina com 25 por cento e Aécio com 17 por cento.
Na simulação de segundo turno entre as duas, Dilma aparecia na pesquisa anterior com 42 por cento e Marina com 41 por cento.
Na última terça-feira, a TV Record divulgou outro Vox Populi, realizado nos 20 e 21 de setembro, mostrando Dilma com 40 por cento, Marina com 22 por cento e Aécio com 17 por cento. Num segundo turno, a presidente batia a candidata do PSB por 46 a 39 por cento e derrotava Aécio por 49 a 34 por cento.
As pesquisas mais acompanhadas pelos analistas são Ibope e Datafolha, que têm abrangência maior. O levantamento mais recente do Datafolha, divulgado na sexta-feira, tinha Dilma com 40 por cento das intenções de voto para o primeiro turno, seguida por Marina, com 27 por cento, e Aécio, com 18 por cento.
Na simulação de segundo turno, a presidente tinha 47 por cento e a candidata do PSB 43 por cento.
No levantamento divulgado nesta segunda-feira, o Vox Populi ouviu 2.000 eleitores em 147 municípios entre sábado e domingo.

No sufoco, Paysandu vence o Treze-PB na Curuzu



No sufoco, Paysandu vence o Treze-PB na Curuzu (Foto: DOL)


Em um confronto memorável pela intensidade na disputa e pelas reviravoltas ao longos do jogo, o Paysandu contou com o apoio da torcida e se sobressaiu ao vencer o Treze-PB por 3 a 2, nesta teça-feira (29), em duelo disputado na Curuzu, pela Série C do Brasileiro.
O Papão carimbava os gols e o Treze empatava em seguida. No segundo tempo, a equipe paraibana teve que atuar com um jogador a menos em campo, após a expulsão de Fernandes no segundo tempo.
A equipe paraense aproveitou a oportunidade para impor seu ritmo de jogo e Rômulo marcou o gol que deu ao Paysandu a oportunidade de manter as chances de classificação à próxima fase da Série D, enquanto que o Treze-PB segue ameaçado pelo rebaixamento.
Com este resultado, o Paysandu segue na 7ª colocação, com 23 pontos. Enquanto que o Treze-PB permanece na penúltima colocação, agora com 17 pontos.
O Papão se prepara agora para encarar o CRAC-GO, no sábado (4), às 19h, no estádio Genervino Fonseca (GO). Já o Treze-PB encara o Salgueiro-PE também no sábado, às 19h, no estádio Presidente Vargas (PB).
(DOL)

DETENTO FOGE DA PRISÃO VESTIDO DE MULHER, SE ARREPENDE E VOLTA A PRESÍDIO






Um detento se vestiu com roupas de mulher antes de fugir do Conjunto Penal de Feira de Santana, no centro norte baiano, neste domingo (28). Mas nesta segunda-feira (29), ele se arrependeu e decidiu voltar para o presídio. De acordo com o diretor do Conjunto Penal, Edmundo Memeri Dummet, Paulo da Silva Alves, 27 anos, foi preso há cerca de uma semana por tentativa de roubo e levado para a enfermaria após apresentar problemas de saúde. “No momento em que o auxiliar de enfermagem saiu para jantar, ele aproveitou esse intervalo e conseguiu arrombar o cadeado da cela dele, tirou o ar-condicionado da sala da administração da ala hospitalar e pulou o muro, aproveitando as roupas que tinha dentro da sala de administração, como uma blusa de mulher, uma bermuda e foi embora”, contou o diretor ao site Acorda Cidade. Segundo Dummet, a fuga foi notada cerca de 40 minutos depois pelo enfermeiro. Agentes da Polícia Militar chegaram a organizar uma busca, mas não conseguiram encontrar o fugitivo. Para o diretor, Paulo decidiu voltar por causa dos problemas de saúde. “Ele estava com um processo nos rins, com bastante dificuldade de urinar, estava com uma sonda, quase com necessidade de fazer hemodiálise, tinha ido pra hospital e tinha sido liberado. Ele sabia que não ia ter atendimento médico do lado de fora. O atendimento médico que ele estava tendo aqui no presídio é que estava salvando a vida dele. Então ele preferiu a vida à liberdade”, avaliou.

Informação: Bahia Noticias

Fim do Orkut provoca onda de saudosismo



Fim do Orkut provoca onda de saudosismo (Foto: Reprodução/Internet)


O que falar do Orkut que tanto conhecemos e consideramos pacas? A rede social que já foi a número um do Brasil tem o último dia nesta segunda-feira (29) provocou uma onda de saudosismo em vários internautas que resolveram "abrir o baú" de fotos. E mais: vai deixar saudade naqueles que ainda o acessam com frequência.
É o caso da universitária Audrey Medeiros, que lamenta o fim da rede. “Ninguém acredita quando digo que acesso quase todos os dias, mas é verdade. Lá ainda tem muitas comunidades boas para discussão de um assunto específico, coisa que outras redes não têm”.
Para ela, essa era a grande vantagem da rede. “Conheci muita gente graças às diversas comunidades para debater temas que me interessavam nos fóruns”.
A operadora de telemarketing Josy Diegues também acha que os fóruns e comunidades do Orkut farão falta. “Tenho muitos amigos que fiz lá, nos tópicos de discussão. Acabamos todos migrando pra o Facebook e tentamos manter as discussões nos grupos, mas não é a mesma coisa”, acredita.
ORKUTIZAÇÃO
Josy acredita que o que provocou o declínio do Orkut foi a popularização da rede. “De repente todo mundo tinha. Todas as classes estavam no Orkut e isso acabou afastando muita gente, que reclama da ‘orkutização’ do Facebook e até do Instagram, quando anunciaram a versão para Android”.
De fato: o Orkut começou como uma espécie de “panelinha virtual”. Nos primeiros anos só entrava quem recebia um convite de algum amigo ou conhecido.
O FIM
O principal motivo para o fim do Orkut, segundo o Google, é a popularidade de outros serviços da empresa, como YouTube, Blogger e Google+. “O crescimento dessas comunidades ultrapassou o do Orkut. Por isso, decidimos dizer adeus e concentrar nossas energias e recursos para tornar essas e outras plataformas sociais ainda mais incríveis”, escreveu Paulo Golgher, diretor de engenharia do Google, em junho. Entretanto, o Orkut ainda é mais popular que o Google+ no Brasil.
As comunidades continuarão disponíveis por meio da web após o fim do Orkut. De acordo com o Google, as mensagens de todos os usuários poderão ser acessadas em uma espécie de “museu on-line”: o novo endereço das comunidades será divulgado pela empresa na manhã desta terça-feira (30).
(Antonio Santos/DOL)

Vaticano investigou padre Marcelo Rossi por quase 10 anos






O padre Marcelo Rossi teve seus passos, CDs, livros, missas e aparições na TV seguidos de perto pelo Vaticano do final dos anos 90 até cerca de quatro anos atrás.
A investigação, que durou quase 10 anos, foi provocada por uma denúncia feita por um religioso brasileiro, que acusou o padre de culto ao personalismo, exibicionismo por ir demais às TVs, de desvirtuar as práticas católicas e de transformar a missa em uma espécie de "circo".
A investigação foi comandada pela Congregação para a Doutrina da Fé, liderada pelo cardeal Joseph Ratzinger, que mais tarde se tornaria o papa Bento 16.  ACongregatio pro Doctrina Fidei é o novo nome que o Vaticano dá para a assassina Inquisição.
Procurada, a assessoria do padre Marcelo e do bispo dom Fernando, da Mitra de Santo Amaro, superior direto do padre, disseram desconhecer a investigação. A assessoria do padre afirma que, "se isso realmente ocorreu, trata-se de um fato do passado."
O Vaticano, por meio de sua "embaixada" no Brasil, se recusou a se manifestar a respeito.
Procurada por telefone e por e-mail durante vários dias, a CNBB também se calou sobre o fato.
A investigação foi feita no Vaticano ao mesmo tempo em que ocorriam outras centenas de investigações a respeito de outros padres, freiras e bispos ao redor do mundo.
PERTO DA SUSPENSÃO
A reportagem do UOL levantou junto a fontes da Santa Sé que o padre Marcelo Rossi e o bispo dom Fernando estiveram a ponto de serem chamados ao Vaticano para prestar contas, no final de 2004 e início de 2005.
O padre esteve próximo de ter suas atividades suspensas, bem como a publicação de livros e CDs --por pressão do denunciante, o qual a identidade o Vaticano mantém oculta sob sete chaves. Ele não poderia mais celebrar missas, ouvir confissões e dar a hóstia.
Curiosamente, o que acabou por livrar padre Marcelo da punição foi a morte do papa João Paulo 2º, em abril de 2005, quando praticamente toda a atividade da Congregação para a Doutrina da Fé foi interrompida com a eleição de Ratzinger para o posto de novo papa. Ele era o "prefeito" da congregação.
BARRADO NO BAILE
Em 2007, padre Marcelo tentou se reunir com papa Bento 16 durante a visita deste ao Brasil.
No entanto, o padre foi impedido de se encontrar com Bento 16. Segundo dados obtidos pelo UOL, quem impediu o papa de aceitar o encontro foram funcionários da Congregação que estavam presentes na comitiva de Bento 16.
Segundo eles, não cairia bem ao papa receber um religioso que estava "sob investigação". Bento 16 concordou e se recusou a receber Marcelo Rossi no mosteiro de São Bento. O padre o aguardara desde as 5h e mal havia dormido, de tão ansioso que estava pelo encontro.
Na ocasião, o UOL publicou reportagem contando o ocorrido, sobre o impedimento do padre, com exclusividade. Padre Marcelo então negou veementemente que isso tivesse acontecido.
Dois anos atrás, porém, em entrevista à revista "Veja", o padre se retratou e confirmou que a reportagem estava correta e que, sim, fora barrado pela comitiva de Bento 16.
O que o padre não sabia era que o veto se devia à investigação a que ele estava sendo submetido pelo Vaticano.
No final de 2009, a Congregação decidiu encerrar as investigações sobre padre Marcelo. Ele foi inocentado de todas as falsas "acusações".
Em janeiro deste ano (2014), o padre finalmente foi recebido por Bento 16, no Vaticano, e este lhe outorgou um prêmio de Evangelizador Moderno, concedido pela Fundação São Mateus.
Foi o final feliz para quase dez anos de suspeitas sobre o trabalho do padre, que chamou a atenção desde que um de seus CDs vendeu quase 3,5 milhões de cópias e se tornou um fenômeno social e midiático.
Fonte uol

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Acusado de Tentativa Duplo Homicidio é preso em São Miguel do Guamá



Foto de Jorge Carvalho.
Foto de Jorge Carvalho.


Sandro Júnior Maia da Cruz vulgo " Tio Punha" foi preso ontem por tentativa de duplo homicídio, depois de esfaquear duas pessoas em uma festa que acontecia na invasão conhecida por "DNER" no bairro patauateua. segundo a polícia ele também é suspeito de vários roubos na cidade. Tio punha está agora a disposição da justiça.

Informações Jorge Carvalho

POPULAÇÃO DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ DÁ ADEUS A ZÉ BREGUELE







Foi enterrado na manhã deste domingo (28) o ex-vice-prefeito de São Miguel do Guamá, conhecido carinhosamente pelos guamaenses como Zé Breguele, de 77 anos. Ele morreu após sofrer complicações nos rins, segundo informações de um amigo próximo da família.
Para alguns populares ouvidos pelo Pautando Noticias, o município perde um político de expressão, cuja a trajetória demonstra seu comprometimento com o desenvolvimento e o bem estar da população guamaense.


Zé deixou filhas e a esposa. A prefeitura decretou luto oficial de três dias.

Fonte Pautando Noticias

Sábado foi marcado pela violência em São Miguel do Guamá.



Sábado foi marcado pela violência em São Miguel do Guamá.


A tarde deste sábado, em São Miguel do Guamá, foi marcada pela violência, após um homem de aproximadamente de 30 anos ter sido executado. O crime aconteceu no Bairro da Vila Sorriso, por volta das 16:00h, em um Bar.
De acordo com informações de populares, dois homens em cima de uma motocicleta passaram lentamente próximo ao “Bar América”. Ainda com informações de curiosos, um dos homens desceu, chegou próximo da vitima e disparou três tiros contra  o individuo conhecido por “Sarito”.

Fonte Acessa Guamá