Social Icons

Pages

Featured Posts

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Empresa oferece 1.300 vagas de emprego, no Pará


Empresa oferece 1.300 vagas de emprego, no Pará (Foto: Reprodução)


Especialista no ramo de varejo e atacado, o Grupo Mateus, com sede no Maranhão, abriu dois processos seletivos para contratar 1.300 pessoas no Pará. As vagas são para as lojas de Belém, Castanhal e Altamira, nas unidades que serão inauguradas na 1ª quinzena de dezembro deste ano. Os interessados para as vagas em Belém e Castanhal devem cadastrar seus currículos no site www.grupomateus.com.br/curriculo. Segundo a empresa, as entrevistas serão realizadas em setembro e outubro. 

Os pretendentes às vagas devem esperar uma convocação do setor de Recursos Humanos para entrevistas. Os salários não foram divulgados pelo grupo. São 800 vagas para Belém e Castanhal, e outras 500 para Altamira. Para efetuar o cadastro, o candidato deve informar seus dados pessoais, formação e experiência profissional. Já para quem mora em Altamira, basta comparecer à Escola Técnica Residência Saúde, que fica localizada na Rua Sem Saída. Segundo a empresa, não é necessário ter experiência comprovada na carteira de trabalho. Os currículos serão triados e aqueles que se encaixarem no perfil serão chamados para uma entrevista presencial.

ESTRUTURA

O Grupo Mateus tem 51 empreendimentos no Maranhão, Pará e Tocantins, e emprega, atualmente, cerca de 20 mil pessoas. A empresa tem, ainda, duas lojas em Marabá e uma em Parauapebas. É a 21ª maior empresa do ramo de varejos do País. Em Belém, vai ocupar dois espaços em que funcionavam lojas do Grupo Y. Yamada. Três lojas serão repassadas, duas delas em Belém - e que hoje atuam com o conceito de plaza - e outra em Castanhal. A Yamada, por sua vez, pretende superar a crise econômica e focar mais nas vendas de atacado.

Quantidade de vagas ofertadas em Belém e Castanhal. Para os cargos de: operador de caixa, embalador, fiscal de caixa, cozinheiro, pizzaiolo, balconista de padaria, forneiro, açougueiro, peixeiro, repositor, auxiliar de depósito, conferente, operador de empilhadeira, auxiliar de serviços gerais, auxiliar de CPD, cartazista, fiscal de prevenção de perdas e promotor de vendas

Total de vagas para Altamira para ocupar os mesmos cargos oferecidos em Belém e Castanhal.

DOL

Paragominas – Polícia prende trio “carregado” de celulares em ônibus


2


Informações dão conta de que cerca de um milhão de celulares são furtados ou roubados no Brasil anualmente, e este número deve ser muito maior, pois se sabe que muitas pessoas não fazem boletim de ocorrência para registrar este tipo de crime. O que muitos ainda não sabem que, com a cooperação da operadora de telefonia móvel, já é possível fazer o bloqueio do aparelho e deixá-lo totalmente inutilizável, ainda que o chip seja trocado. Quem tiver o seu telefone roubado poderá solicitar que o aparelho seja bloqueado utilizando apenas o número da linha.

O ingrato ranking de roubo de celulares em todo o mundo mostra o Brasil em  segundo lugar. De acordo com pesquisa realizada por uma empresa de segurança, a F-Secure, um total de 25% dos brasileiros em algum momento foram roubados ou perderam seus aparelhos celulares. O único país á frente do Brasil neste ranking é a Índia, que apresenta um índice de 35%.

Na tarde de hoje desta quinta feira (22) a Policia fazia suas abordagens de rotina aos ônibus que fazem a linha Paragominas/Belém quando flagrou três homens que viajavam, portanto um grande número de aparelhos celulares.

O trio foi detido e levado á Delegacia de Polícia de Santa Isabel para prestar esclarecimentos. A polícia pede ás pessoas que, caso reconheçam algum dos suspeitos que procurem a Delegacia de Paragominas.

Fonte Jorge Quadros

Paragominas – Tentativa de roubo de celular frustrada



1

Um ladrão de celular abordou uma garota menor de idade que tinha acabado de sair da escola, e anunciou o assalto pedindo para que a vítima entregasse o aparelho.

Essa tentativa aconteceu na manhã desta quinta feira por volta das 11h30minh.

O assaltante sem arma nenhuma ganhou o celular da estudante no grito, correu por uma rua próxima ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no bairro do Uraim ll, percebeu que estava sendo perseguido por uma pessoa que viu a ação. Ele tentou se esconder em uma casa abandonada subindo em um muro de uma das residências até chegar ao telhado. A polícia foi acionada rapidamente pelos populares que prontamente fizeram o cerco.

O ladrão foi encaminhado para a delegacia juntamente com a vítima que estava bastante abalada.

O seu celular foi recuperado na ação, tudo graças a uma pessoa que passava no exato momento da tentativa frustrada do meliante.


Informações e imagens Ronny Chaves e Jorge Quadros

Homem é preso por promover desordem em velório em Itaituba, PA.






Na manhã desta quinta feira, 22, uma guarnição da policia militar comandada pelo Sgt. Nunes prendeu um homem por estar promovendo desordem em um velório em Itaituba.

Era por volta das 10 horas da manhã quando a guarnição da policia militar foi acionada via 190, para ir ate ao Bairro Maria Madalena, para atender uma ocorrência de desordem, quando os militares chegaram ao local, encontraram um elemento identificado por Renivaldo, alcunha, “Lorão”, o mesmo estava promovendo desordem em um velório que acontecia próximo à sua casa. Ele estava ouvindo musica alta, ao ser questionando sobre o volume do som, ele chegou ameaçar as pessoas no local. Detido “Lorão” foi levado pela (GU) a 19ª Seccional para os procedimentos. Em entrevista a nossa reportagem ele não conseguiu explicar o que tinha acontecido, falava coisas sem nexo, disse que faltava dinheiro, mulher, carro e moto para ele, e aparentava ter consumido algo, podendo ser bebida alcoólica ou algum produto entorpecente. 

Fonte: Junior Ribeiro...

Plano do ensino médio prevê 7 horas de aula/dia


Resultado de imagem para ministerio educação


Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, o governo apresentou a Medida Provisória (MP) que reforma o ensino médio no Brasil. Entre as mudanças mais significativas, está a flexibilização de metade da carga horária para incluir “trilhas pedagógicas” diversificadas, como ensino técnico e profissionalizante, de acordo com as aptidões e preferências do estudante. No texto da proposta, que seguirá para o Congresso Nacional, mas já tem força de lei, foi instituída também uma política de fomento ao tempo integral nas escolas de ensino médio, com a transferência de R$ 2 mil por aluno ao ano.
A meta é incluir em horário integral 257 mil jovens em 2017 e a mesma quantidade no ano seguinte, com R$ 1,5 bilhão do Ministério da Educação até 2018, e aumentar progressivamente a jornada escolar de cinco para sete horas diárias na rede pública, o que caracteriza a educação integral, em todo o país. No entanto, não há prazo para que as redes de ensino cumpram a determinação.
Segundo o secretário de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares da Silva, o objetivo é perseguir a meta do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê 25% das matrículas da educação básica de forma geral na modalidade de tempo integral até 2024. Com a MP e o repasse de recursos federais, segundo Rossieli, o governo quer focar os esforços no ensino médio. Hoje, segundo ele, há 386 mil alunos em tempo integral.
O texto da MP divulgado pelo governo retira a educação física e o ensino de artes dos componentes curriculares obrigatórios do ensino médio, ao modificar trechos da Lei de Diretrizes e Bases da educação, o que causou polêmica. Ao longo da coletiva de imprensa, os representantes do governo negaram que as duas disciplinas deixavam de ser obrigatórias e lembraram que a Base Nacional Comum Curricular, que está em discussão e só deve ser finalizada no ano que vem, é o instrumento que definirá a parte do currículo nacional obrigatório.
No início da noite, Rossieli esclareceu que o texto definitivo da MP traz um ajuste que não constava no documento divulgado anteriormente à imprensa. Essa alteração, que segundo Rossieli foi feita entre a noite de quarta-feira e a madrugada de ontem, prevê que as mudanças sobre educação física e artes só passem a valer após a publicação da Base Nacional Comum Curricular. Ele afirma, porém, que essas disciplinas não devem ser retiradas do ensino médio até porque elas estão presente na versão mais atual da Base.
O presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Eduardo Deschamps, explicou que os dois artigos sobre ensino de arte e de educação física só foram alterados pela MP para que as redes possam distribuir melhor as aulas:
— Dessa forma, as escolas podem não dar a educação física, por exemplo, durante todos os três anos do ensino médio. E apenas em um ou dois. Isso vai de cada rede de ensino, mas não acredito que deixará o currículo, até porque está na Base.
Enquanto a Base não sai, explicou Rossieli, as redes já podem flexibilizar currículos e incluir conteúdos, como o curso técnico e profissionalizante dentro da carga horária do ensino médio, amparados pela MP. Mas a retirada de disciplinas, segundo ele, só poderá ser feita de acordo com a Base Nacional.
Apesar da flexibilidade do currículo, ficou definido na MP que ao menos português e matemática terão de ser ministrados nos três anos do ensino médio. A medida determinou também que o inglês será o idioma a ser ensinado no país — hoje as redes escolhem o que ofertar — e acabou com a obrigatoriedade de as escolas de ensino médio ensinarem o espanhol como segunda língua estrangeira, de matrícula optativa.
O desenho do novo ensino médio, como o governo batizou a MP, vai depender, porém, das redes estaduais de ensino. Cada uma terá liberdade para montar sua grade dentro das regras gerais editadas na medida. O ministro da Educação, Mendonça Filho, reconheceu que as mudanças não serão imediatas. Mas afirmou que experiências pontuais, dentro das condições de cada estado, já podem começar a ser feitas com a mudança na “arquitetura legal” da etapa escolar.
Só em 2018 haverá escolas funcionando dentro do novo modelo, disse Maria Helena Guimarães de Castro, secretária-executiva do MEC, considerando a necessidade de ter a Base Nacional Comum Curricular:
— Poderemos ter uma Base Nacional Comum até meados do próximo ano. Encaminharemos essa base para o CNE que, uma vez aprovada, será homologada pelo ministro da Educação.
SISTEMA DE CRÉDITOS
No intuito de evitar a evasão escolar, a MP estabelece que as redes de ensino podem trabalhar com sistema de créditos, como ocorre nas universidades, de módulos ou outro formato. A ideia é que o aluno possa voltar aos estudos do ponto onde abandonou. Outra medida prevista na medida é que ele possa receber certificados parciais no caso do ensino profissionalizante, quando os conteúdos previamente determinados forem finalizados.
O estudante poderá ainda fazer mais um ano, após concluir o ensino médio, de algum “itinerário formativo” que a rede disponibilize. Os professores dos cursos profissionalizantes não precisarão ter licenciatura, como é exigido no ensino regular hoje. Para determinadas áreas, basta que tenha “notório saber”. Mas isso terá de ser definido antes pelo estado.
As regras valem para o ensino privado também. No entanto, representantes do MEC negaram que a medida traz risco de aumento de mensalidades. Mesmo porque a jornada ampliada, um dos pontos que teria impacto certeiro no valor cobrado, não é obrigatória.
— As escolas privadas podem até manter o modelo, se elas quiserem. Terão de modificar questões curriculares, quando a Base sair. Mas isso não significa aumento de custo. Aquelas que ampliarem a jornada vão cobrar a mais por isso. Mas hoje já é assim — afirmou Rossieli.
No caso da rede pública, Rossieli destacou que parte das mudanças não depende simplesmente de recursos e pode ser adotada por meio de medidas mais simples, como remanejamento de professores e capacitação dos funcionários. Para demandas mais específicas, como adaptações da parte arquitetônica e de equipamentos, o MEC já estuda políticas.
Ele lembrou ainda que o valor de R$ 2 mil por aluno ao ano que será repassado a escolas para que ofertem o tempo integral poderá ser usado no pagamento de professores e para compra de material. Rossieli classificou o montante de recursos por estudante como “uma senhora ajuda”, dizendo que para alguns estados está próximo do que recebem pelo Fundeb.

O Globo

Câmera flagra homem jogando enteada em piscina


Câmera flagra homem jogando enteada em piscina  (Foto: Reprodução)


Um vídeo brutal de um padrasto jogando repetidas vezes a enteada, de apenas três anos, em uma piscina foi uma prova crucial para condenar o homem. A menina morreu afogada e ele foi condenado a 100 anos de prisão, na cidade de Morelia, no estado de Michoacan, no México.
As imagens são de uma câmera de segurança e mostram o assassino – identificado como Jose David N. – jogando a criança diversa vezes na piscina. A menina ainda tenta lutar para se manter na superfície, mas se afoga por não saber nadar. O padrasto apenas observa a cena.
A mãe da criança estava dormindo no quarto do hotel no momento do crime
CONDENAÇÃO
Antes das imagens do circuito interno serem descobertas e usadas como prova, o padrasto d alegou estar surpreso com o afogamento. No entanto, com o surgimento das filmagens, a defesa dele foi derrubada, possibilitando a condenação sem possibilidade de liberdade condicional.
Um dos três juízes que decretaram a condenação revelou que a criança foi puxada pelos cabelos e segurada embaixo d'água para que não conseguisse respirar. A defesa do assassino ainda levantou a hipótese de que a garota tivesse morrido já fora da piscina, o que foi rejeitado pela Justiça.

(Com informações do Extra)

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Família brasileira é encontrada esquartejada





A Guarda Civil espanhola localizou no domingo (18) os corpos de quatro pessoas de nacionalidade brasileira, dois adultos – na faixa dos 40 anos – e dois menores – de 4 e 1 ano -, esquartejados em um chalé de Pioz, um povoado de apenas 3,5 mil habitantes a  25 quilômetros na região de Madri, capital do país.
A casa havia sido alugada a uma família brasileira fazia pouco mais de um mês, segundo informou a TV Espanha. Fontes da investigação citadas pela agência EFE – também de origem espanhola – indicam que os assassinatos podem se tratar de um acerto de contas. O encontro dos quatro corpos ocorreu depois que um morador do condomínio alertou às forças de segurança locais para o mau cheiro nas imediações.
A Guarda Civil isolou o chalé, localizado na rua Los Sauces do condomínio La Arboleda de Pioz. Segundo um porta-voz da Guarda Civil, a identidade dos corpos só será  esclarecida após a necropsia, mas o proprietário do imóvel confirmou que alugou a casa a uma “família de origem brasileira” na segunda quinzena de julho.
O prefeito da cidade, Ricardo García López, por sua vez, confirmou que todas as vítimas pertencem a uma mesma família. Os corpos foram encontrados na sala do imóvel, em 6 sacos plásticos. Pelo estado dos corpos, a suspeita é que os assassinatos tenham ocorrido há cerca de um mês. Segundo os vizinhos, o local onde foram encontrados os corpos contava com vigilância 24 horas por dia em um dos acessos, mas a outra entrada não tinha vigilância.
A polícia não destaca a hipótese de que o crime possa estar relacionado a um “acerto de contas”, embora a motivação ainda seja alvo de investigações. Os vizinhos também descreveram a família de brasileiros como extremamente reservada, confirmando que eles chegaram ao local em meados do mês de julho. Ainda segundo os vizinhos, era raro notar alguma das vítimas na rua. Apenas o pai foi visto algumas vezes no caminho de supermercados da região. Os moradores também disseram que a família não tinha carro.
(Folhapress)

Paragominas – Casal preso por tráfico de drogas


1
2


A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de que um casal estaria traficando drogas no Pandolfi, bairro afastado mais de 12 quilômetros do centro da cidade de Paragominas.

O Grupo Tático Operacional – GTO foi deslocado para o setor referido e após diligências feitas conseguiu chegar ao casal denunciado.

No momento em que a equipe alcançou êxito em sua busca o casal portava pedras de entorpecente que seriam fracionadas para a venda.

Entregue na 13ª Seccional Urbana de Polícia Civil, o casal deverá ser autuado por tráfico de drogas.

Fonte Jorge Quadros

Paragominas – Violência e assaltos levam empresários à reunião de emergência com a Polícia Militar


hqdefault
2-13-1068x601



O número de assaltos e a violência que se estabelece em Paragominas está chamando a atenção de todos. Principalmente de comerciantes que estão sendo assaltados e ameaçados de morte cotidianamente, sem falar nos inúmeros boletins de ocorrência de pessoas que estão sendo roubadas em vias públicas que, além de perderem seus celulares, principal objetivo dos bandidos, ficam sem os documentos, dinheiro e objetos de valor.

Nesta semana, o número de assaltos registrados e aqueles cujas vítimas não procuram a delegacia para registrar boletins de ocorrência por medo de represália chegou ao limite extremo. Uma lotérica assaltada e uma loja de celulares assaltadas em plena luz do dia e, audaciosamente, os assaltantes não usam máscaras ou capacetes para esconder os rostos.

A população está aflita e pede socorro. Em alguns casos de assaltos, o povo se reuniu, perseguiu e chegou a linchar alguns bandidos, mas as filmagens feitas por celulares não deixaram que os mais revoltados acabassem se tornando assassinos.

Assaltante é linchado e quase é morto por populares após cometer um assalto no bairro Promissão II.
Assaltos com reféns, onde o bandido entra na residência e mantém a família sob a mira de revólver, também está na iminência de se tornar rotina e isso não pode se estender sem que se tome uma providência.
A grande quantidade de arma de fogo de fabricação caseira também é motivo de preocupação para a Polícia e para a sociedade.
A grande quantidade de arma de fabricação caseira também surpreende até as autoridades policiais. A dúvida é: Quem está fabricando estas armas na cidade? Já se tem pistas sobre o fabricante ou cada um fabrica a sua própria arma?

O prédio abandonado no centro de Paragominas tornou-se local de drogados, alcoólatras e, principalmente assaltantes que guardam produtos de furtos ou roubos em suas dependências para depois trocá-los em 'bocas de fumo'.
O prédio abandonado no centro de Paragominas tornou-se local de drogados, alcoólatras e, principalmente assaltantes que guardam produtos de furtos ou roubos em suas dependências para depois trocá-los em ‘bocas de fumo’.
Outro problema é o prédio abandonado no centro de Paragominas que serve de abrigo para drogados, alcoólatras e, principalmente, assaltantes que guardam o produto do roubo ou furto em suas dependências e após entregam aos receptadores ou fazem a troca nas ‘bocas de fumo’.

Há alguns dias, comerciantes se reuniram com a cúpula da Polícia Militar para tentar chegar à um consenso, mas o número de participantes frustou a expectativa. Por causa disso, o comandante do 19º BPM, Tenente Coronel Dênis do Socorro, juntamente com a direção do Sincompar, Sindicato do Comércio de Paragominas, fez nova convocação para a tarde desta quinta-feira (22), às 16 horas, no auditório do Quartel para que sejam analisadas todas as possibilidades de minimizar esta situação, envolvendo a força de segurança pública e a sociedade.

A mobilização de hoje toma corpo e a partir daí várias medidas devem ser tomadas para que a criminalidade diminua e a sociedade possa viver mais tranquila, porque do jeito que está, não há sossego.

Reportagem: Jorge Quadros

Polícia Civil prende foragido do Estado do Espírito Santo em Paragominas


José Gazole de Abreu é acusado de matar o próprio pai no município de Serra, no Espírito Santo. Foragido da Justiça, foi encontrado em Paragominas.


A Polícia Civil deu cumprimento nesta quarta-feira, 21, em Paragominas, nordeste do Pará, ao mandado de prisão preventiva expedido pela justiça do Estado do Espírito Santo contra José Gazole de Abreu, pelo crime de homicídio. Ele é acusado de matar o próprio pai. A prisão foi realizada após a equipe policial de Paragominas receber informação de que um foragido da justiça do Espírito Santo estava no município.
A operação foi comandada pelo delegado Pedro Rocha e contou com a participação dos investigadores Bruno de Castro, Clayton Pereira e Miguel Tomaz; e da escrivã Cibele Rolim.
O acusado permanece preso em Paragominas à disposição da justiça do Espírito Santo, para onde será recambiado para responder ao processo.
Fonte: Polícia Civil de Paragominas
 
 
Blogger Templates