Pages

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Polícias Civil e Militar apreendem 131 quilos de maconha e prendem foragido em Aurora do Pará




Foragido preso


As Polícias Civil e Militar intensificaram a repressão ao tráfico de drogas no município de Aurora do Pará, região nordeste do Estado. Por meio de ações integradas de combate ao crime na cidade, foram apreendidos 138 tabletes de maconha prensada com um total de 131 quilos e 700 gramas da droga, na zona rural do município.
A droga estava escondida na sede do município. A delegada Fernanda Almeida, titular da Polícia Civil no município, instaurou inquérito policial para apurar o crime.
FORAGIDO Ainda, durante as ações policiais, foi preso em flagrante Francisco Alves, conhecido como “Kiko”. Condenado pelo crime de tráfico de drogas, ele estava na condição de foragido da Justiça paraense. 
A prisão do procurado foi efetuada na zona rural do município. A ação policial contou com a atuação dos investigadores Fábio Oliveira dos Reis e Paulo Guerreiro, sob comando da delegada Fernanda Almeida

REVÓLVER MUNICIADO É APREENDIDO COM DUPLA DE ASSALTANTES EM CASTANHAL






Um adolescente foi apreendido e um adulto foi preso, acusados de terem roubado um aparelho celular de uma jovem no bairro Jaderlândia, periferia da cidade de Castanhal, nordeste do Pará. A Polícia Militar apreendeu uma arma de fogo municiada e ainda conseguiu recuperar o objeto roubado.

O crime ocorreu ontem, por volta das 8h. A vítima contou que transitava pela rua principal do bairro Jaderlândia quando foi abordada por dois homens, que já se se aproximaram anunciando um assalto. Com uma arma de fogo apontada em direção de sua cabeça, a mulher foi obrigada a entregar seu aparelho celular. Em seguida, a dupla fugiu em disparada.

Em menos de trinta minutos a Polícia Militar localizou os assaltantes no conjunto Rouxinol. Durante a fuga, um dos acusados arremessou a arma de fogo para dentro de uma casa, provocando um disparo acidental que por pouco não atingiu um inocente.

O revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada foi apreendido. O aparelho celular foi recuperado e entregue à vítima. A dupla foi apresentada na delegacia do centro da cidade para a realização dos procedimentos cabíveis.

Adriano Fernandes, 19, foi autuado por crime de assalto a mão armada, além de corrupção de menor. O adolescente de 17 anos ficou de ser internado em um abrigo para adolescentes infratores.

Reportagem: Tiago Silva

Polícia Civil flagra casal que escondia drogas na fralda de recém-nascido em São Caetano de Odivelas




Igor Conceição


A Polícia Civil de São Caetano de Odivelas, nordeste paraense, desarticulou um esquema para tráfico de drogas ilegais na cidade, ao flagrar um casal que vendia os entorpecentes, usando o próprio filho, um recém-nascido de um mês de vida. Denúncias anônimas levaram a equipe de policiais civis da Delegacia do município até o endereço dos acusados. No local, foi preso em flagrante Igor Ferreira da Conceição pelo crime de tráfico de drogas. A companheira dele, um adolescente de 15 anos, foi autuada em um BOC (Boletim de Ocorrência Circunstanciado) pelo mesmo crime.

A delegada Rafaella Cabral, responsável pela operação policial, informou que, após receber as informações, seguiu ao local com os investigadores Marcelo Costa e Denilson Caldas, e o escrivão Pedro Vidigal, para apurar as denúncias sobre a existência de um ponto de venda de drogas. Durante revista na casa, detalha a policial civil, a equipe policial se surpreendeu ao descobrir o local onde o casal escondia a droga. 

Ao todo, foram encontradas 15 "petecas" de cocaína escondidas na fralda do recém-nascido, filho do casal. "A desconfiança sobre onde estava escondida a droga aumentou depois que a mãe do bebê colocou a criança de bruços na cama, fazendo com que o recém-nascido passasse a espernear por não conseguir respirar", explica a delegada. Assim, os policiais resolveram revistar o bebê e assim encontraram a droga escondida na fralda. Além dos entorpecentes, foram apreendidos 156 reais em dinheiro e ainda dois telefones celulares.

Todos os objetos e drogas foram levados para a Delegacia de São Caetano de Odivelas para os procedimentos policiais, assim como os acusados. Após os procedimentos policiais com relação à mãe do adolescente, o bebê foi entregue à mãe. Tanto a mãe quanto o bebê estão sob acompanhamento do Conselho Tutelar do município.

Polícia Civil resgata mulher e bebê que eram mantidos sob cárcere privado em Tucuruí




Preso e local onde vítimas eram mantidas em cárcere privado


A Polícia Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros Militar, resgatou uma mulher e o filho dela de cinco meses, que eram mantidos sob cárcere privado, pelo companheiro dela, Gino Rodrigues da Rocha, na zona rural de Tucuruí, sudeste paraense.
A ação policial foi comandada pela delegada Marizol Vasconcelos de Almeida, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), da região. Conforme a delegada, a operação de resgate foi realizada após uma denúncia. 
Na casa, situada na Ilha do Pedro 100, região do Lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, detalha a delegada, Gino mantinha em cárcere privado a companheira e o filho de cinco meses do casal. A equipe formada pela delegada Marizol Vasconcelos de Almeida, escrivã Dilaylla Ávila e investigador Carlos Guimarães constatou a denúncia. Após ouvir a vítima, os policiais conduziram o agressor até a Delegacia em Tucuruí, com apoio de uma embarcação dos Bombeiros. Ele foi autuado em flagrante por cárcere privado qualificado e ameaça, com base na Lei Maria da Penha.

Casal flagrado com mais de 300 gramas de maconha






A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (15) em Parauapebas mais um casal acusado de comercializar substância entorpecente no município.

Juciele de Jesus Costa e Ana Paula Dias de Brito foram presos em flagrante após trabalho investigativo da polícia na Rua Céu Azul, Bairro Betânia.

No momento da abordagem, a polícia apreendeu em poder dos acusados 300 gramas de maconha prensada e 30 gramas in natura.

De acordo com o delegado Thiago Carneiro, a prisão do casal foi efetuada pela equipe plantonista comandada pelo DPC Paulo Junqueira, sob a coordenação da Superintendência Regional de Polícia Civil em Parauapebas. 

(Waldyr Silva)

Polícia Civil prende autor de tentativa de homicídio e de disparos de arma de fogo em via pública na cidade de Breves






A Polícia Civil de Breves, na Ilha do Marajó, prendeu, nesta quinta-feira, 16, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça, o acusado Michel Alecsander Moraes Tavares, de 19 anos. Ele responde a processo pelo crime de tentativa de homicídio. A ordem de prisão foi decretada mediante solicitação feita pela delegada Renata Gurgel, da Superintendência da Região do Marajó Ocidental. Segundo a delegada, Michel teve o mandado de prisão solicitado no último dia 10, após praticar o crime. 
Com base nas provas, foi instaurado inquérito policial para apurar o crime. Ainda, de acordo com a policial civil, Michel estava provocando rixas na cidade, onde costumava andar armado. "Ele fazia disparos de arma de fogo em via pública", detalha a policial civil, ao ressaltar que os atos só demonstravam o grau de perigo que o acusado representava para a sociedade de Breves.

Polícia Civil prende foragido envolvido em tentativa de homicídio em Anajás






A Polícia Civil cumpriu, nesta quinta-feira, 17, mandado de prisão preventiva decretada pela Justiça contra Jurandin da Silva Oliveira, de apelido "Jacuraru", acusado da autoria de crime de tentativa de homicídio, em Anajás, na ilha do Marajó. Com uma espingarda calibre 28, ele efetuou disparos contra Genivaldo da Silva Rodrigues, em 22 de novembro do ano passado. O crime, segundo o delegado Marcus Pinto, titular da Delegacia de Anajás, aconteceu na localidade de Rio Mirundé, zona rural do município.
Conforme o delegado, o crime foi resultado de uma briga de família por causa de terras. Desde a época dos fatos, o acusado estava na condição de foragido. Ele foi localizado na sede da cidade e conduzido até a Delegacia. Jurandin permanece preso à disposição da Justiça.

'Galã do Instagram' usava internet para roubar mulheres no AM, diz polícia



Homem usava redes sociais para cometer crimes (Foto: Reprodução)
Suspeito deve ser levado à cadeia pública de Manaus (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)



Um homem de 26 anos foi preso nesta quinta-feira (16), em Manaus, suspeito de aplicar vários golpes. Identificado pela Polícia Civil como "galã do Instagram", Laércio Castro de Oliveira seduzia mulheres em conversas em redes sociais com o objetivo de roubá-las.
Segundo a polícia, ele já havia sido preso em São Paulo, em novembro de 2014, por documentação falsa.
Na capital, ele foi preso por volta das 8h30 desta quinta, em uma pizzaria situada no Conjunto Cidadão, bairro Nova Cidade, Zona Norte. Os policiais que efetuaram a prisão cumpriram um mandado expedido pelo juiz Henrique Veiga Lima, titular da 9ª Vara Criminal.
Vítimas
Segundo o delegado Titular do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá, as mulheres abordadas por Laércio tinham sempre idades acima de 30 anos.
"Laércio levava as vítimas para um determinado local, no veículo dele. Em algum momento do encontro, surgia um outro homem pela porta de trás do passageiro, dizendo que estava armado. Ele ameaçava as vítimas e roubava seus pertences. O golpe era planejado por Laércio com um tio dele, que foi preso em fevereiro de 2014", disse o delegado.
Rodrigo de Sá informou ainda que o suspeito responde a oito inquéritos por crime de roubo majorado em Manaus. Nos últimos meses, oito mulheres procuraram a delegacia para denunciar terem sido vítimas do suspeito. O delegado espera que mais pessoas denunciem Laércio.

"As investigações começaram a partir da prisão do comparsa dele. Então, a polícia teve a possibilidade de identificar o modus operandi do Laércio, até porque ninguém sabia da existência dele", explicou o delegado.
Segundo Rodrigo de Sá, o comparsa acabou confessando que o Laércio era quem idealizava esses crimes. "Então, a partir desse flagrante, no qual foi vítima uma mulher de aproximadamente 39 anos, outras mulheres conseguiram se encorajar e vir à delegacia para denunciar também", disse.
Modo de ação
Segundo o delegado, o suspeito monitorava a rotina das vítimas. Ele estabelecia, inicialmente, um perfil de mulheres a ser atingido – geralmente vítimas com mais de 30 anos – e, a partir daí, começava a "caçar" essas mulheres nas redes sociais, como Instagram e Facebook.
"Ele era extremamente audacioso. Ele se utilizava das redes sociais, era o primeiro contato dele. Então ele passava a acompanhar também a rotina dessas mulheres. Não bastasse isso, ele começava a frequentar os lugares que essas mulheres frequentavam também, até para que ele pudesse estreitar esses laços com elas", disse o delegado.
"Bares, casas de shows, academias de classe média eram os lugares que ele frequentava e que muitas vezes era sustentado por outras mulheres ou por produtos de outros roubos", afirmou.
Na delegacia, o suspeito não quis comentar o caso, afirmando que só se manifestará em juízo. Laércio Castro de Oliveira foi autuado por roubo majorado. Ele deve ser encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.

Estado e Sintepp terão audiência de conciliação



Estado e Sintepp terão audiência de conciliação (Foto: Cezar Magalhães/DOL)


Uma audiência de conciliação foi marcada para a próxima quarta-feira (22), às 11h, entre Estado do Pará e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (SINTEPP). Mesmo a greve dos professores sendo considerada abusiva pela Justiça, os professores não voltaram às salas de aulas. A audiência, que ocorrerá no gabinete da desembargadora Gleide Moura, no 1º andar do anexo do edifício sede do Tribunal de Justiça do Pará, foi requerida por uma comissão de professores, que foi recebida no TJPA nesta quinta-feira (16).
A magistrada determinou a intimação pessoal das partes no processo para que compareçam à audiência, autorizando o regime de plantão para o cumprimento das intimações, bem como representante do Ministério Público.
De acordo com o processo, a ação declaratória foi movida pela Procuradoria Geral do Estado no último dia 10 de abril, sob a alegação de que o movimento havia sido deflagrado em meio ao processo de negociação entre o Estado e a categoria.
Na sustentação, o procurador Antônio Saboia de Melo Neto, afirmou “que a greve seria ilegal e abusiva, na medida em que o SINTEPP, além de vir aumentando as reivindicações a cada rodada de negociação e ter deflagrado e greve em meio a processo de negociação, ainda estaria fechando vias públicas e ocupando ilegalmente prédios públicos, impedindo os demais servidores estaduais de exercer normalmente suas atividades laborais e impossibilitando, ainda, a sociedade paraense de fazer regular uso dos serviços públicos estaduais”.
Os professores da educação pública estão em regime de greve desde o dia 25 de março deste ano, e reivindicam as lotações dos profissionais da educação na forma da legislação vigente a retomada das discussões sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações, além de publicação de cronograma das obras das 29 escolas que estão em reforma.
(DOL com informações do TJPA)

Servidores do Detran paralisam atividades



Servidores do Detran  paralisam atividades (Foto: Diário do Pará/Arquivo)


Os servidores do Detran paralisaram as atividades ontem. Eles se mobilizaram em frente à Secretaria de Estado de Administração (Sead) para mais um ato público ao pedir que a secretária, Alice Viana, os recebesse. Segundo informações do Sindicato dos Servidores do Detran (Sindtran), há mais de um mês a categoria protocolou um pedido para discutir as necessidades dos servidores, mas nenhuma posição foi dada.
Após as 10h30, uma comissão composta de sete pessoas entrou na Sead. A pauta de negociação apresentada à secretária envolvia reposições salariais, auxílio alimentação e gratificação por tempo integral. “Queremos reposição de 25% das perdas salariais, reposição de perda do auxílio alimentação, que foi sendo reduzido. Até novembro de 2009 era R$800, e agora reduziu para R$629. O Detran operou com 70% há dois anos atrás. A gente não tem como trabalhar desse jeito, porque o Detran atende mais de 5 mil e precisa ter servidores trabalhando à tarde. Isso pra nós é um problema”, pontua Elison Oliveira, diretor do Sindicato.
Os servidores permaneceram insatisfeitos com o posicionamento. Hoje, às 8h30, se reunirão em frente ao Detran Sede, na Augusto Montenegro para decidir se entrarão em greve por tempo indeterminado.
A Sead informou, em nota, que representantes do sindicato foram recebidos na manhã de ontem, 16, pela secretária de Administração, Alice Viana. Segundo o órgão, ficou acertado que uma outra reunião ocorrerá na primeira quinzena de maio para discussão de pontos específicos da pauta da categoria com a presença do diretor do órgão. 
“Não conseguimos nenhuma resposta efetiva aos pontos que nós apresentamos. O fato é que, teoricamente, a Sead ganhou tempo e a gente vai esperar até amanha para tomar as decisões”, ressalta Elison.
(Diário do Pará)

Carro do Detran é visto em açougue na Cidade Nova



Carro do Detran é visto em açougue na Cidade Nova (Foto: Divulgação)


Um internauta enviou ontem ao wathsapp do DIÁRIO fotos em que aparece uma viatura que seria da corregedoria do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), estacionado em frente a um açougue, no conjunto Cidade Nova 4, em Ananindeua. Por ironia, a viatura pertence justamente à Corregedoria do órgão, que apura, entre outros, condutas irregulares de servidores e comissionados, como a que está investigando a presença de um carro oficial do órgão entrando em um motel na Sacramenta, fato noticiado pelo DIÁRIO nos últimos dias e que ganhou ampla repercussão.
Na ocasião, a corregedoria do departamento informou ter identificado o condutor do carro, que seria, segundo o Detran, um comissionado, pessoa que ocupa cargo de confiança dentro do órgão e que estava usando o veículo para fins pessoais.
Já com relação às imagens de outro veículo do Detran em frente a um açougue, com o condutor possivelmente indo até o local comprar uma certa quantidade de carne, o denunciante, que é um servidor do órgão e que pediu para não ter sua identidade revelada, contou que a viatura em questão pertencia ao setor de fiscalização, e que fora deslocada pela nova diretoria do Detran para ficar à disposição da corregedora Nilma Lima. “Não tem viaturas nem para fiscalizar e muito menos na perícia que faz o levantamentos de acidente de trânsito. Aí tiram uma Ranger para colocar à disposição da corregedora chefa”, desabafou. 
O DIÁRIO procurou a assessoria do Detran, mas até o fechamento desta edição, não teve retorno.
(Diário do Pará)

Aécio Neves propõe mandato de cinco anos, fim da reeleição e parlamentarismo



Aécio defende parlamentarismo e fim da reeleição no Brasil


O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), defendeu o financiamento misto de campanhas, o fim da reeleição e a ampliação dos mandatos políticos de quatro para cinco anos ao apresentar, hoje (16), as propostas do partido na audiência pública da Comissão Especial de Reforma Política, na Câmara dos Deputados. Aécio também defendeu o sistema parlamentarista de governo e apresentou seis itens de consenso do partido sobre a reforma política.
“Fomos, no nosso nascimento, e continuamos sendo, um partido parlamentarista. Acredito no sistema parlamentarista de governo como o mais estável e mais avançado”, disse antes de iniciar a apresentação dos itens, explicando que esse tema não deverá estar neste momento da discussão da reforma política. Ele lembrou que a população decidiu pelo presidencialismo em um plebiscito, mas acredita que em algum momento essa discussão amadurecerá e será abordada no Congresso Nacional.
Os seis itens apresentados são o fim da reeleição, o posicionamento favorável ao financiamento misto de campanhas, ao voto distrital misto, o fim das coligações proporcionais, a adoção da cláusula de barreira e mudanças na divisão do tempo para propaganda eleitoral nos meios de comunicação.
Em relação ao fim da reeleição, Aécio explicou que a discussão do tema foi polêmica dentro do partido, mas esse entendimento permaneceu como majoritário. “Assistimos, ao longo desses últimos anos - e não vou me fixar apenas no último processo eleitoral - abusos enormes e a utilização sem limites da máquina administrativa em benefício de uma candidatura. Se isso acontece no plano nacional, acontece nos municípios e em vários estados. O que conseguimos avançar internamente e a proposta que PSDB defende é o fim da reeleição, com mandato de cinco anos para todos os detentores de cargos”, disse.
Sobre o financiamento misto de campanha – com recursos públicos e privados - a posição do PSDB é de que o financiamento de pessoas jurídicas não seja proibido, mas fique restrito aos partidos políticos. “Defendo que as candidaturas individuais possam receber recursos de pessoas físicas até um determinado limite que seja estabelecido. Eu não impediria o financiamento de pessoa jurídica, mas restringiria esse financiamento aos partidos políticos. Pessoa jurídica doa ao partido que, internamente, vai estabelecer qual o critério de distribuição do conjunto de recursos que é arrecadado”, explicou.
Aécio defendeu que o fim das coligações proporcionais representaria o aprimoramento do sistema e funcionaria como uma cláusula de barreira indireta. Segundo ele, o partido defende o voto distrital misto, no qual parte das cadeiras do Legislativo seria ocupada pelo sistema distrital (majoritário) e parte pelo sistema proporcional de lista fechada. “Me parece o sistema mais adequado para manter uma conexão maior dos representados com seus representantes”. E explicou “Não acho que essa divisão precisa ser meio a meio, pode ser 30% a 40% pela lista e 70% a 60% pelos distritos”.
Ao explicar o posicionamento sobre a divisão do tempo para propagandas das candidaturas, o senador disse que a proposta é que o tempo de televisão se restrinja aos partidos que compõem a chapa majoritária e o candidato usaria o tempo para apresentar suas propostas de forma simples como numa conversa com um entrevistador. “Hoje todos somos vítimas e assistimos a esse mercado persa que virou divisão do tempo de televisão”, disse.
Em relação à adoção da cláusula de barreira, Aécio avalia que reduziria o número de partidos políticos, cuja proliferação foi criticada por ele. “Reduziria para em torno de dez partidos políticos em funcionamento no parlamento o que, na minha modesta avaliação, seria algo extraordinário”. A cláusula de barreira é uma norma que impede ou restringe o funcionamento parlamentar ao partido que não alcançar determinado percentual de votos.
Fonte MSN Brasil

Atestado por motivo de saúde pode durar 30 dias



Atestado por motivo de saúde pode durar 30 dias (Foto: Reprodução)


Desde o dia 1° de março, os médicos conquistaram a autonomia em afastar os funcionários das empresas por 30 dias, por motivo de saúde. Antes, os atestados só poderiam ser emitidos por 15 dias. Com a medida, o Recursos Humanos (RH) passou a se preocupar com um provável aumento no número de atestados falsos.
O funcionário apresenta três atestados em um mês. Todos do mesmo médico, mas com assinaturas diferentes. O colaborador do sexo masculino entrega ao Recursos Humanos o atestado, com a Classificação Internacional das Doenças – CID, indicando enfermidades femininas. Estes são alguns casos já conhecidos pela administradora e mestra em gestão empresarial, Silvia Pires, que há 25 anos trabalha no setor de RH e já viu muitas manobras de colaboradores, porém, fica sempre atenta para não cair no golpe.
“Existe uma lei que ampara o trabalhador, onde a empresa deve aceitar o afastamento através do atestado médico. Antes, esse tempo era de 15 dias, mas a partir do dia 1° de março, passou a ser de 30 dias de afastamento, custeados pela empresa, e não pelo INSS. Por isso, com esse aumento, o RH deve ficar atento com as possíveis fraudes”, explicou a especialista.
Para se resguardar desses tipos de manobras, a lei também pune o empregador para se precaver de fraudes. “Se as empresas fornecerem um plano de saúde para todos, ela deve exigir que o atestado seja do convênio ou de um médico que atenda por aquele convênio e não de outro lugar. Em caso de atestado médico de posto de saúde, ela pode pedir para que o funcionário passe pelo médico do trabalho da empresa, sem custo ao trabalhador. Ele, por ser um profissional ligado à empresa, pode avaliar as condições dos funcionários”, ressaltou.
Caso seja comprovado que o funcionário tenha usado atestados de má-fé, existem punições irreversíveis. “Se a empresa desconfiar de adulteração na assinatura, ela pode investigar. O RH pode ir ao médico, no posto de saúde para saber se a procedência do documento é verdadeira. Se for falsa, o funcionário vai pra rua por justa causa e pode responder na Justiça”, concluiu Silvia.
CASO DE POLÍCIA
Uma vez flagrado com atestados falsos, o colaborador pode responder criminalmente pelo ato. Entretanto, é importante que a empresa faça um trabalho de conscientização. “A melhor forma de não haver atestados falsos é advertir que é crime. Para comprovar, os empresários devem consultar a origem dos documentos, e também procurar o Conselho Regional de Medicina (CRM). A polícia vai atuar fazendo um inquérito e ele vai responder por falsificação”, ressaltou o delegado Neyvaldo Costa, da Divisão de Investigação e Operações Especiais (Dioe).
De acordo com a autoridade policial, o crime é corriqueiro em Belém. “Dependendo do caso, a pessoa também pode ser autuada por estelionato”, concluiu o delegado. A pena prevista para o crime de estelionato é de 1 a 5 anos de reclusão e multa. Já a de falsificação de documento público, ou alteração de documento verdadeiro, a pena é de dois a seis anos e multa.
(Diário do Pará) 

Mosquitos preferem sangue de quem bebe cerveja



Mosquitos preferem sangue de quem bebe cerveja (Foto: Reprodução)


Você gosta de beber cerveja? Cuidado! O hábito pode atrair pernilongos, os "carapanãs" como são chamados na Amazônia. Segundo um estudo australiano recente publicado pela PloS One, o banco de dados online da Public Library of Science, pernilongos e demais mosquitos gostam do sangue de quem bebe cerveja.
Para chegar a tal conclusão, os pesquisadores da Austrália reuniram voluntários – homens de 20 a 43 anos – em Burkina Faso, na África, e analisaram a reação dos insetos diante de um grupo que bebeu cerveja e outro que bebeu água.
Os voluntários foram divididos em tendas com um complexo sistema de tubulação para circulação do ar entre as barracas. Ao final da experiência, os cientistas verificaram que o grupo dos bebedores de cerveja atraiu 47% dos mosquitos que foram colocados na tenda, contra 38% dos que beberam apenas água.
“Desconsiderando características individuais de cada voluntário, o consumo de cerveja aumentou consistentemente a atratividade aos mosquitos”, escreveram os autores do estudo.
No entanto, os pesquisadores não souberam dizer o motivo pelo qual os insetos preferem o cheiro de bebedores de cerveja, mas acreditam que não há relação com a mudança da respiração ou com o aumento da temperatura do corpo.
Seja como for, o estudo aponta para um relação entre álcool e aumento de doenças transmitidas por mosquitos e pernilongos. No caso da África Ocidental, região que é fortemente afetada pela malária, os cientistas sugerem que o consumo de cerveja seja mais controlado para reduzir o problema de saúde pública da malária.
(DOL, com informações do portal UOL)

Homem traído filma namorada com amante





Pular a cerca, como se diz na gíria popular, pode ir muito além de uma questão íntima e ir parar nos computadores e celulares de todo o mundo com apenas um clique.

Essa situação foi posta em prática por um homem que desconfiado da traição da namorada resolveu filmar e compartilhar o momento em que a moça dormia nos braços de outro.

O vídeo mostra quando o homem explica que estava desconfiado da traição, alertado por conhecidos, e resolveu comprovar e se certificar da hipótese da amada levar outro para o quarto do apartamento que ela morava com uma amiga.

Após os primeiros momentos de gravação, o rapaz acorda o casal e pergunta ao homem se ele sabia que ela tem um namorado. A reação da jovem é de extrema indiferença e nem sequer se move.

A gravação circula pela internet e já teve mais de 2 milhões visualizações.

Outro fato também curioso é que o site onde o material foi postado não detalha a cidade de origem da gravação.

(DOL com informações do site RedeTV Notícias)