ASSALTANTES ATIRAM EM POLICIAIS MILITARES E ACABAM MORTOS






No início da madrugada de ontem, em Castanhal, cidade do nordeste paraense, quatro homens armados tomaram de assalto o carro de um taxista e depois praticaram vários outros assaltos pela cidade. “Eles (bandidos) fizeram um 'arrastão'. O último alvo deles foi uma casa, localizada no bairro Imperial, onde acontecia uma festa de aniversário. Sob grave ameaça, as vítimas foram obrigadas a entregar tudo que tinham”, contou o delegado Rairton Carneiro, da Polícia Civil.

Uma pessoa, que presenciou o crime na festa, conseguiu ligar para o Núcleo Integrado de Operações (Niop - 190). Os atendentes do Niop repassaram a informação para a guarnição mais próxima do local, a que estava de serviço na viatura 9914, comandada pelo sargento Do Vale e composta ainda pelo cabo Márcio e soldado Leonardo. No carro roubado do taxista, e, em alta velocidade, o quarteto atravessou a cidade, pegou a rodovia BR-316 e seguiu em direção a Belém. Houve o acompanhamento policial e, às proximidades da “curva do cupuaçu”, o bando furou uma barreira montada por policiais militares do município de Santa Izabel do Pará. Outra barreira montada por viaturas das policias civil e militar de Santa Izabel, na BR-316, já na entrada de Benevides, também foi furada.

A guarnição de Castanhal deu continuidade na perseguição. “Em determinado momento, os suspeitos pararam o carro, desceram e atiraram em nossa direção. Então reagimos e também tivemos que atirar neles”, explicou o sargento Do Vale. No confronto, três assaltantes morreram e o 4º conseguiu fugir por uma área de matagal. Dois mortos foram identificados como Jonnison Joaquim da Silva Siqueira e Arleson Lima da Silva. Outro morto e o que conseguiu fugir não foram identificados. Todos seriam de Belém. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Castanhal.

Com o bando foram apreendidos dois revolveres calibre 38, além de uma arma de fabricação caseira que calça cartucho de espingarda calibre 36. O carro roubado foi recuperado e devolvido ao taxista. Alguns telefones celulares roubados pelo quarteto também foram recuperados e devolvidos aos donos. Todo o material foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Castanhal.


Reportagem: Tiago Silva