SANTA IZABEL: BEBIDAS ALCOÓLICAS SÃO ENCONTRADAS EM PRESÍDIO



Uma festa regada de bebidas alcoólicas iria acontecer dentro da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel do Pará (CPASI), na região metropolitana de Belém, se não fosse a esperteza de agentes penitenciários que, na noite de sexta-feira última (1), detectaram “latinhas” de cerveja e garrafas de whisky no bloco A, da referida casa penal, que custodia internos do regime semiaberto.

No total, segundo a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), foram apreendidas 18 “latinhas” de cerveja e mais 7 litros de whisky. Com o apoio de policiais militares, os agentes penitenciários retiraram as bebidas do local. Se identificados, os internos responsáveis pela entrada do material proibido sofrerão medidas disciplinares, inclusive poderão até cumprir suas condenações em regime fechado.

NÃO É A PRIMEIRA VEZ

Em 3 de novembro de 2011, dois internos escaparam da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel do Pará (CPASI) e conseguiram comprar bebidas alcoólicas, drogas, além de objetos proibidos em presídios. No retorno ao CPASI, a dupla, que estava dentro de uma van, foi recapturada por policiais rodoviários federais, que apreenderam com a dupla 100 gramas de maconha, 19 garrafas de bebidas alcoólicas, sendo 12 de aguardente, 6 de conhaque e 1 de vodca, além de 1 garrafa de água oxigenada, 3 telefones celulares, uma barra de chocolate e até um aparelho para tatuagem. Na época, em depoimento, os recapturados confessaram que as bebidas seriam consumidas dentro do presídio, durante uma festa programada por eles e outros internos.

ESCÂNDALO

Foi na Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel que, no final do mês de outubro de 2011, uma menor de 14 anos foi encontrada mantendo relação sexual com presos. Na época, o caso virou um escândalo e a notícia repercutiu nacionalmente.

Reportagem: Tiago Silva