Marido atropela mulher após rastreá-la no motel


Marido atropela mulher após rastreá-la no motel  (Foto: Reprodução)


Um homem de 33 anos atropelou a própria esposa após saber de uma suposta traição. O crime foi motivado após o marido ter descoberto que  a mulher estava em um motel com outra pessoa ao usar o rastreador de celular.  A tentativa de homicídio marcou a noite de sábado no bairro Zumbi, na Zona Leste de Manaus (AM).

Segundo a Polícia Civil, ao rastrear a localização da esposa, o marido se enfureceu e esperou o casal deixar o motel. Quando os avistou, acelerou o carro e os acertou em cheio. Tudo teria acontecido em um curto intervalo de tempo. "Ele dirigiu para lá com um Ford Ka e aguardou a saída. Quando ela saiu em uma moto com outro rapaz, ele acelerou e colidiu", afirmou o delegado João Victor Teyah.

A mulher e o amante foram levados para um Pronto-Socorro. Ela fraturou uma perna, enquanto o homem teve as duas pernas fraturadas e, de acordo com o delegado, pode ter sequelas. Não há informações sobre o estado de saúde do casal. 

Já o marido, que não teve a identidade revelada, esperou a polícia no local e não ofereceu qualquer resistência. Ele foi levado para a delegacia, confessou o crime e foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. 

"Eu, particularmente, nunca tinha visto um crime nesse molde. Existe muita violência por ciúme, traição. Ele estava arrependido, disse que estava de cabeça quente, agiu no calor do momento. Mas não estava tão nervoso, não", disse o delegado. 

Na  segunda-feira (12), o delegado não soube informar se o marido continua detido. De acordo com João Victor Tayah, mais da metade dos infratores nestes casos são liberados no dia seguinte, quando acontece uma audiência, e respondem em liberdade.


(Com informações do UOL)