Papão encara o Goiás nesta sexta-feira no Mangueirão





O Paysandu vai jogar modificado contra o Goiás, hoje (9), às 21h30 pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Mangueirão. Por causa de lesão e desgaste muscular, Marcelo Chamusca vai precisar mexer no elenco. No lugar de Rodrigo Andrade, que sofreu trauma no joelho, entra Leandro Carvalho. No lugar do atacante Marcão, que sofreu com uma fadiga no músculo posterior da coxa, Daniel Amorim. O esboço da equipe do Papão que vai para o confronto com o Esmeraldino foi mostrado ontem à tarde durante o único treino na Curuzu. 
As duas trocas são para que o elenco bicolor tenha força e consiga vencer em casa mais uma vez. Até agora, o Paysandu tem três vitórias (duas em casa e uma fora), um empate e uma derrota na competição, o que lhe garante a 2ª colocação da Série B, com dez pontos, no grupo que dá acesso à Série A de 2018. Se vencer, o Paysandu pode até voltar a ser líder. “Após o jogo contra o ABC, alguns jogadores apresentaram problemas clínicos. Rodrigo Andrade teve trauma no joelho e Marcão mostrou uma fadiga excessiva no músculo posterior da coxa. Eu já tinha dito que dificilmente manteria a mesma escalação dos jogos passados. Estamos trabalhando de forma obsessiva pelos três pontos porque sabemos da importância para a nossa posição na tabela”, afirmou o técnico Marcelo Chamusca. 
O Paysandu teve apenas um dia para treinar em Belém, mas o técnico Chamusca está tranquilo em relação à equipe que vai entrar em campo e que possa corresponder. Até porque o Goiás também fez uma viagem longa. Apesar disso, o Goiás deve ir para cima do Paysandu, até para sair da 17ª colocação na tabela, dentro da zona de rebaixamento. “Nossa alento é que terça foi rodada cheia e o Goiás também jogou e veio depois para Belém. Acredito que os dois times vão chegar na mesma condição fisicamente. Sabemos que o jogo contra o Goiás será difícil pois o adversário vem de uma vitória e tem bom investimentos, com jogadores de qualidade. Então, vamos estar atentos”, afirmou o técnico do Paysandu. 
Com apenas um dia para treinar, o técnico Marcelo Chamusca vem utilizando imagens e conversando com os atletas para que eles voltem a ser mais eficientes nas jogadas e assim conseguir a vitória em cima do Esmeraldino. “No jogo com o América, fomos muito eficientes porque fizemos gol.No jogo contra o ABC, tivemos criação maior de oportunidade, mas faltou a eficiência. Mas também não tivemos tempo para treinar e mudar tudo drasticamente. Mas futebol é assim. Agora é fortalecer a confiança dos jogadores. Mostramos imagens do erro e do acerto. Para que o jogador saiba que tem condição de fazer diferente mesmo sem treinar e trazer o resultado do jogo.”

 Por: O Liberal