Policial militar e irmão são executados em Marabá





Um soldado da Polícia Militar, identificado como Giovane Milhomem Gonçalves, de 32 anos, foi assassinado com mais de 10 tiros nesta terça-feira (13), na rua José Cursino, no bairro Laranjeiras, no Núcleo Cidade Nova, em Marabá, no sudeste paraense.

O irmão dele, que estava junto com o PM, também foi baleado e faleceu. O veículo em que Giovane estava foi atingido com vários disparos. De acordo com testemunhas, o policial ainda tentou fugir do carro, mas acabou sendo alcançado e caindo sem vida próximo a um caminhão. O irmão do PM, identificado como Weilinton Flávio Milhomem Gonçalves, de 42 anos, também estava no mesmo veículo e foi atingido pelos disparos. Weiliton ainda chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Flávio trabalhava como advogado em São Paulo e estaria em Marabá a passeio.  

Segundo a Polícia Militar de Marabá, o policial possivelmente foi atingido com disparos de fuzil. Os criminosos estavam em uma caminhonete quando surpreenderam o PM e o irmão dele. Após o crime, os suspeitos fugiram do local. O veículo que teria sido utilizado durante o assassinato foi encontrado abandonado com marcas de sangue na estrada vicinal do Rio Preto, que dá acesso à Vila Santa Fé, localizada a cerca de 70 quilômetros do centro urbano de Marabá.

A rua onde ocorreu o crime foi isolada e atraiu muitos curiosos. Familiares das vítimas também estiveram no local. De acordo com a PM de Marabá, o policial atuou no município até o ano de 2016, depois foi transferido para o 36° Batalhão, em São Félix do Xingu, no sudeste paraense. Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do soldado e disse que a Polícia Civil junto à Corregedoria Geral apura as circunstâncias do caso. O DOL também entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda um posicionamento.


Fonte: (DOL com informações de James Oliveira/RBATV Marabá)