População incendeia carro após atropelamento fatal em Terra Alta



População queima carro após atropelamento e morte (Foto: Reprodução)


Uma mulher morreu após ser atropelada por um carro no quilômetro 36 da rodovia PA-136, no município de Terra Alta, nordeste paraense. Patrícia Silva e Silva, de 27 anos, foi atingida pelo veículo por volta das 5h da manhã deste domingo (18), e não resistiu ao impacto, morrendo antes de receber o socorro médico.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente aconteceu próximo à comunidade de Mocajubinha. As testemunhas que presenciaram o atropelamento ficaram revoltadas com a situação, pois o veículo pertencia à prefeitura do município de Terra de Alta e estava em alta velocidade, acima do limite permitido. No interior do veículo estava Paulo Augusto Cordovil, também conhecido como “Guto Terra Alta”, um líder político local.

Os populares teriam tentado linchar Paulo Augusto, que conseguiu fugir da fúria dos moradores, correndo para uma área de mata. As testemunhas então teriam incendiado o carro que matou Patrícia. O veículo ficou completamente destruído pelas chamas.

Policias militares e rodoviários chegaram logo depois e conseguiram conter os ânimos das testemunhas. Até o início da noite , Paulo Augusto, o principal suspeito de envolvimento no acidente, ainda não tinha sido localizado.

Blogdomanoelsilva.blogspot.com.br  

Por: Portal ORM