Paysandu é absolvido por homofobia, mas pagará multa por confusão


Paysandu é absolvido por homofobia, mas pagará multa por confusão (Foto: Ney Marcondes)


O Paysandu foi julgado pela confusão de torcedores e possível crime de homofobia durante partida contra o Luverdense-MT, na Curuzu, pelo Campeonato Brasileiro da Série B.
O clube alviceleste foi absolvido da acusação de praticar ato discriminatório, previsto em artigo 243-G da Justiça Desportiva. O corpo jurídico bicolor apresentou provas que configuraram que o clube não se enquadrava na acusação. 
Paysandu SC absolvido, apenas aplicação de multa de 7,5 mil em favor da APAE. Obrigado meu Deus e Nossa Senhora de Nazaré.
 Por outro lado, o Paysandu foi condenado a multa de R$7,5 mil reais em cestas básicas para a APAE Belém, pela confusão de torcedores ao término da partida. Na ocasião, grupos de torcidas divergiram a respeito de posicionamentos LGBT, rendendo cenas lamentáveis no estádio bicolor. A punição foi enquadrada no artigo 213. Inciso I, Parágrafo 1º, da Justiça Desportiva.
Após a definição no julgamento, a equipe paraense, que corria risco de perder até 10 mandos de campo e pontos na tabela, está liberado para receber o torcedor nos jogos em Belém, a partir do próximo confronto na capital do Pará, contra o Ceará-CE, na próxima sexta-feira (28), às 21h30.

(DOL)