Polícia Civil prende acusado de autoria de homicídio em Acará




A Polícia Civil prendeu ontem em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça, o acusado Ernandes Menezes Sampaio, 19 anos, apontado como autor do assassinato de Claudio Silva e Silva, 27 anos, em 2 de abril deste ano, em Acará, nordeste paraense. A prisão foi decretada por solicitação do delegado Vitor Marcelino Costa, responsável pelo inquérito do caso. A motivação do crime ainda está sob investigação, mas o delegado não descarta motivação homofóbica, já que a vítima era assumidamente homossexual.
Segundo a delegada Renata Gurgel, titular da Superintendência da Polícia Civil na Região do Baixo-Tocantins, Claudio foi encontrado sem vida no terreno da casa do suspeito. A vítima esteve momentos antes do crime com Ernandes. "A vítima estava com lesão aparente de esgorjamento (pescoço degolado) e alguns hematomas pelo rosto. Estava também com as calças abaixadas", detalha.
A delegada ressalta que as investigações sobre o homicídio estão em andamento. Conforme ela, não está descartada a hipótese de motivação homofóbica ou mesmo desentendimento quanto ao pagamento de um programa sexual.