Polícia Civil prende em flagrante por tráfico de drogas em Magalhães Barata





A Polícia Civil deflagrou, no final de semana, uma operação policial que resultou na prisão em flagrante de Sanderson de Sousa Lopes, de 26 anos, por tráfico de drogas, em Magalhães Barata, nordeste paraense. A ação policial foi realizada na manhã de sábado, 22, pela equipe da Delegacia do município. Segundo o delegado Augusto Damasceno, titular da unidade policial, denúncias de que a casa do acusado, situada no bairro da Portelinha, era usada como ponto de comercialização de drogas levaram os policiais a investigar o crime.

Para tanto, detalha o policial civil, foi requerido à Justiça um mandado de busca e apreensão para vistoriar o imóvel. Com a ordem judicial autorizada, os policiais civis foram até o endereço, situado em uma área de difícil acesso para fazer a revista. Nos fundos da residência, onde existe uma mata, explica o delegado, os policiais fizeram uma varredura até encontrarem grande quantidade de drogas, do tipo cocaína em pedra, conhecida como pedra de óxi. Além da droga, foram apreendidos aparelhos eletroeletrônicos sem comprovação de origem, dinheiro e telefones celulares.

No momento em que foi flagrado com as drogas, Sanderson ainda chegou a fazer ameaças aos policiais civis. "Ele disse que fazia parte de uma organização criminosa que tem ramificações dentro dos presídios, conhecida como FDN (Família do Norte)", relata o delegado.

Sanderson responde a outros processos criminais e tem sentença proferida pela Justiça por crime de roubo. Atualmente, ele vinha cumprindo a pena em regime aberto. O preso foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas, ameaça e resistência à prisão. Ele vai ficar preso à disposição da Justiça.