Tomé Açú - Morto com 8 tiros na porta de casa. Companheira testemunhou o assassinato.


Morto com 8 tiros na porta de casa. Companheira testemunhou o assassinato. (Foto: Divulgação)


Testemunhas não souberam precisar, mas ouviram sons de tiros, na travessa Comandante Pinto, bairro da Pedreira, município de Tomé-Açu, na região nordeste do Estado. Ao saírem de suas casas encontraram um homem morto com 8 tiros. 

A mesma informação foi repassada por Adriane Patrícia dos Santos, companheira da vítima quando esteve na delegacia de Polícia Civil de Tomé-Açu comunicando o crime ao delegado Alexandre Wagner Gomes.

A vítima, identificada como Eder Lameira dos Santos, de 39 anos morava na travessa Comandante Pinto em Tomé-Açu e estava na frente de sua casa como fazia sempre, no início da noite.

Adriane disse que estava dentro do imóvel. Ela ouviu os disparos, por volta das 19h, e correu para a porta. Ela chegou a ver o assassino ainda atirando em Eder, que morreu no local. O criminoso fugiu sem ser identificado. 

Mesmo na presença da testemunha, o matador não se intimidou: ainda esperou outro homem que estava em uma motocicleta. O piloto usava capacete e deu fuga ao bandido. A dupla ainda não foi presa.

Companheira da vítima não conseguiu identificar o autor do crime

 Adriane Patrícia não soube informar quem é o autor do assassinato ou a motivação para o crime, que será investigado por policiais civis da Delegacia de Tomé-Açu.

Pelas informações levantadas no local do crime, por policiais militares, Eder Lameira dos Santos foi atingido com 8 tiros de pistola calibre 380. Várias cápsulas ficaram espalhadas pela rua, e foram recolhidas por peritos do Instituto Médico Legal (IML). 

O delegado Alexandre Wagner Gomes, da Polícia Civil, informou que Eder não tinha antecedentes criminais.

(J.R Avelar/Diário do Pará)