Em Barcarena, empresário é preso por descumprir medidas protetivas





A Polícia Civil prendeu, ontem, em cumprimento a mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o empresário Ronivaldo Madureira Furtado, em Barcarena, nordeste paraense. Ele é acusado de descumprir medidas protetivas de urgência em favor da ex-companheira do empresário. A prisão foi efetuada por policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) do município. Segundo a delegada Priscilla Naiatte, titular da DEAM de Barcarena, Ronivaldo foi indiciado em inquérito policial por crime de lesão corporal grave contra a vítima em março deste ano.
Na ocasião, ele foi acusado de agredir fisicamente a ex-companheira. O fato foi comunicado na Delegacia que apurou os fatos e responsabilizou o agressor, com base na Lei Maria da Penha, que trata da violência doméstica contra a mulher. A vítima requereu as medidas protetivas para evitar que o empresário se aproximasse dela.
O empresário foi notificado das medidas protetivas, porém continuava descumprindo a determinação e ainda procurava manter contato com a vítima. Assim, a Justiça decretou a prisão preventiva do acusado, que foi preso e vai ficar recolhido na carceragem de Abaetetuba à disposição da Justiça de Barcarena para aguardar alocação de vaga no Sistema Penitenciário.