Em Belém, mulher denuncia ex-marido em relato no Facebook





A violência doméstica, seja explícita ou velada, é toda agressão que acontece entre indivíduos unidos por algum grau de parentesco familiar. Muitas vezes, por medo ou vergonha, as vítimas demoram ou nunca expõem casos de agressões físicas ou psicológicas. Em um post compartilhado em sua página no Facebook na noite de terça-feira (01), a servidora pública Herika Bittencourt, de 41 anos, decidiu expor as violências que sofreu do ex-marido. Separados há um ano e meio, o antigo companheiro de Herika não aceita a separação e investe em xingamentos e até violência física para amedrontar a vítima.
"Hoje, fui mais uma vez, vítima dessa covardia. (...) Não aguento mais viver esse inferno em minha vida, me escondendo como se a culpa dessa insanidade toda fosse minha", escreveu. Herika contou que foi agredida em frente ao prédio do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob). O filho e outras pessoas viram tudo. "Saí de casa sim, larguei meu casamento sim, porque não mais aguentava suas humilhações, seus insultos e abusos sexuais", continua em outro trecho do desabafo. 

De acordo com Wendell Oliveira, sobrinho da vítima, a família só soube da violência após a separação. "Ela já vinha sofrendo agressões só que ninguém sabia. (...) Depois que ela saiu de casa, e isso tem um ano e meio, ela começou a falar tudo que acontecia. Quando ela separou que ela falou que ele a humilhava tanto verbalmente quanto fisicamente, que ela sofria abusos sexuais dele e que apanhava", relembra.
Por: Portal ORM