Menina de três anos morre afogada em Outeiro




Na tarde desta segunda-feira (31), último dia das férias de julho para muita gente, uma menina de apenas três anos morreu afogada no distrito de Outeiro, em Belém. Ela ficou alguns minutos submersa e foi encontrada por um banhista, mas não resistiu e morreu na praia.

De acordo com informações da major Vivian, do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA), a criança estava com a mãe na Praia Grande, que apresentava um grande número de banhistas nesta segunda-feira. Segundo relatos dos guarda-vidas que atenderam a ocorrência, a criança foi colocada em uma boia inflável de plástico e deixada pela mãe na água, enquanto ela subia para trocar de roupa.

Quando a mulher retornou, procurou por sua filha e não a encontrou, entrou em desespero. Um outro banhista que ainda estava na água sentiu algo batendo em sua perna e, ao puxar, constatou que era a criança, já desacordada. Não se sabe ao certo quanto tempo a menina ficou submersa. Os bombeiros retiraram o corpo da criança da água e realizaram todos os procedimentos possíveis, mas ela já estava morta.

A major Vivian reforça que esse tipo de fatalidade poderia ter sido evitada se fossem seguidas algumas instruções básicas. “Esses dispositivos infláveis usados principalmente por crianças não salvam vidas, e não são completamente seguros. Além disso, crianças não devem ser deixadas sem supervisão na água, não importa a profundidade”, disse a major.

O corpo da criança foi levado por uma ambulância dos bombeiros para uma unidade de saúde do Outeiro, e aguardava a remoção do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.

Por: Portal ORM