Polícias Civil e Militar prendem acusados de atacar caixas eletrônicos em Barcarena


Delegacia de Barcarena


As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, nesta quarta-feira, dia 9, cinco adultos - três homens e duas mulheres - e apreenderam uma adolescente, por envolvimento na tentativa de roubo de quantias em dinheiro em um caixa eletrônico, no terminal hidroviário de Barcarena, nordeste paraense. O crime ocorreu no início da madrugada. As prisões foram realizadas pela manhã durante as buscas aos criminosos no município. A operação foi realizada por policiais da Delegacia de Barcarena, do 14° Batalhão de Polícia Militar, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), do Grupamento Tático Operacional (GTO) da PM e Comando de Operação Especiais (COE).

As investigações tiveram início logo após o crime, por volta de 2h30. Um grupo armado rendeu pessoas que estavam no terminal e seguiu até os caixas eletrônicos de bancos instalados no local. Em seguida, eles passaram a cortar, com uso de maçarico, um dos terminais de caixa eletrônico. No momento em que os criminosos tentavam abrir o compartimento onde fica o dinheiro foram surpreendidos por uma guarnição da Polícia Militar e houve troca de tiros. Um sargento da PM acabou baleado na perna e abdômen. Nesse momento, os bandidos saíram em fuga pelo rio.

Os delegados Luiz Siqueira e Augusto Potiguar, de Barcarena, com apoio de uma equipe da DRCO de Belém e policiais militares passaram a apurar os fatos e conseguiram chegar ao paradeiro dos suspeitos. De início, oito pessoas foram detidas. No final, foram presos e autuados em flagrante Luiz Henrique Saraiva da Conceição; Rafael dos Santos Andrade; Mário Gusmão Trindades; Luciana da Silva Chermon e Carolina de Carvalho Tenório.

Além deles, uma adolescente foi apreendida. Um revólver calibre 38, usado no crime, foi apreendido. Um dos acusados, Luiz Henrique Saraiva da Conceição, já possuía um mandado de prisão preventiva, pela pratica do crime de homicídio qualificado. Eles irão responder pelos crimes de associação criminosa, roubo e tentativa de homicídio com relação ao policial militar. As investigações continuarão visando localizar os demais membros do bando.