Homem é preso por matar travesti por causa de R$ 50 em Concordia do Pará





Policiais militares realizaram na madrugada desta sexta-feira (16) a detenção de Édson Queiroz Moreira, vulgo Bebê, identificado como autor da morte da travesti Bruna Ferrari, em Concórdia do Pará, nordeste paraense. O crime ocorreu na última segunda-feira (12), motivado pela cobrança de R$ 50.

De acordo com as primeiras informações, confirmadas pela Polícia Civil, Édson confessou a autoria do assassinato e que matou a jovem após a mesma ter prometido a ele o pagamento do valor em troca de sexo.

Bruna, que tinha 17 anos, foi morta por um golpe de faca. Édson está na delegacia.

Após a apresentação do mesmo junto à delegacia, a delegada responsável pelo caso entrou em contato com o juiz da comarca de Concórdia e aguarda a manifestação dele para confirmar a prisão do suspeito.

A detenção foi feita pela guarnição comandada pelos sargentos Reis e Pinheiro que estavam na companhia do cabo Nilton e do soldado Paixão.

(Com informações DOL)
Tecnologia do Blogger.