domingo, 24 de junho de 2018

Polícia Civil desarticula esquema de exploração sexual de adolescentes em Cametá






A Polícia Civil desarticulou um esquema de exploração sexual de adolescentes e prendeu três aliciadores de menores para programas sexuais, na cidade de Cametá, no nordeste paraense, nesta sexta-feira, dia 22. As prisões dos acusados foram realizadas pela equipe da Unidade Integrada do município após investigações efetivadas pela equipe policial com objetivo de identificar os acusados. As investigações foram presididas pelo delegado Celso Saldanha, da Delegacia de Cametá.

Segundo o policial civil, os acusados tiveram as ordens de prisão preventiva decretadas pela Justiça com base nas provas coletadas. João Maria de Melo Barra, de apelido "Bia"; Wando do Socorro Melo Barra e Maria Rosangêla Duarte Moraes, de apelido "Cassana", vão responder pelo crime de exploração sexual.

"No decorrer do inquérito, as investigações constataram que os presos atuavam na captação de clientes para terem programas sexuais com as adolescentes. Para tanto, os acusados cobravam de cada cliente quantias que variavam de R$ 50 até R$ 100 por programa", detalha o policial civil. Ele ressalta que, pelo esquema, cada adolescente explorada sexualmente recebia uma pequena quantia. 

As investigações mostraram ainda que as adolescentes eram levadas pelos aliciadores a um motel da cidade, onde eram marcados os encontros com os clientes. As investigações prosseguem para identificar outras pessoas envolvidas no esquema.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Total de visualizações

Arquivo