Preso acusado de abusar sexualmente de duas menores em Cachoeira do Arari


Homem é preso acusado de estuprar duas crianças (Foto: Polícia Civil)


A Polícia Civil prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o acusado José Antonio Ramos Avelar, de apelido Matupiri, acusado de estuprar duas menores de 5 e 7 anos, em Cachoeira do Arari, no Marajó. A prisão dele foi realizada pela equipe policial da Unidade Integrada do município sob comando do delegado David Bahury. Além de José Antonio, outras duas pessoas foram presas em ações de combate ao município pelo crime de roubo.

Conforme o delegado, José Antonio foi localizado após uma série de investigações. A ordem de prisão foi determinada pela Justiça com base em provas obtidas durante as investigações que resultaram no tombamento de inquérito policial. José Antonio está preso à disposição da Justiça. 

ASSALTO As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, ontem, em Cachoeira do Arari, no Marajó, Wagner Rodrigues Ferreira, por envolvimento no assalto a um estabelecimento comercial no município. O assalto ocorreu no dia anterior. Armados com uma arma de fogo e uma faca, dois homens renderam funcionários do local e levaram uma quantia em dinheiro.

De acordo com o delegado David Bahury, titular da Unidade Integrada Propaz do município, os criminosos roubaram cerca de R$ 700. Durante as buscas aos criminosos, policiais civis e militares conseguiram chegar até o preso. Wagner está recolhido à disposição da Justiça.

FORAGIDO Em outra ação policial, foi preso, em Cachoeira do Arari, Gabriel Teixeira dos Santos, de apelido Tamuatá, que estava na condição de foragido da Justiça. Respondendo por roubo e tráfico de drogas, ele está com mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Única da Justiça Criminal da Comarca de Ponta de Pedras, no Marajó.
Tecnologia do Blogger.