Sespa confirma mais uma morte de paciente com suspeita de raiva humana


Resultado de imagem para raiva humana

Na tarde deste domingo (17), a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) confirmou mais uma morte por raiva humana no Pará. A vítima, um homem não identificado, de 39 anos, estava que estava internada no Hospital Regional de Breves, na Ilha do Marajó.

De acordo com a Sespa, até o momento, sete casos de raiva humana foram confirmados laboratorialmente pelo Instituto Evandro Chagas (IEC) e pelo Instituto Pasteur (sediado em São Paulo), entre os 14 notificados com a doença em Melgaço, município localizado no arquipélago do Marajó. No total, foram 12 óbitos.

Técnicos da Sespa permanecem até o mês de julho com o trabalho de investigação e prevenção à raiva humana no município. A equipe é composta por profissionais do Departamento Estadual de Endemias e de Vigilância em Saúde da Sespa, além de profissionais da Coordenação Estadual de Zoonoses do 8º Centro Regional de Saúde (CRS). 

Mesmo com números que não param de subir, a Secretaria considera a situação no local sob controle.

Por: Portal ORM
Tecnologia do Blogger.